Futebol Internacional

Grandes nomes do futebol se solidarizam com Vini Jr. após ato racista

Matheus Nunes
Personalidades, como Pelé, mandaram mensagens de apoio ao craque do Real Madrid
Personalidades, como Pelé, mandaram mensagens de apoio ao craque do Real Madrid / Angel Martinez/GettyImages
facebooktwitterreddit

Vinícius Junior foi alvo de ato racista nessa quinta-feira (15) durante um programa esportivo na Espanha. Pedro Bravo, presidente da Associação de Empresário de Jogadores da Espanha, disse que o jogador deveria parar de "fazer macaquice", devido as suas comemorações dançando.

"Deve-se respeitar o adversário. Quando você faz um gol, se quiser sambar que vá a um sambódromo no Brasil. Aqui (na Espanha) o que se tem de fazer é respeitar seus companheiros de profissão e deixar de fazer papel de macaco."

Pedro Bravo, em programa esportivo

A fala gerou uma repercussão negativa, principalmente no Brasil. Grandes nomes do futebol e, até mesmo clubes, se solidarizaram com o atacante do Real Madrid e publicaram mensagens em apoio ao craque, com a hashtag #BailaViniJr.

Pelé, o maior jogador da história do futebol, usou suas redes sociais para mandar uma mensagem à Vini. O eterno camisa 10 disse que "o futebol é alegria. É uma dança. É uma verdadeira festa".

Neymar, parceiro de ataque de Vinícius Junior na Seleção Brasileira, escreveu: "Drible, dance e seja você! Feliz do jeito que é! Vai pra cima meu garoto, próximo gol bailamos". Outro companheiro de seleção, Bruno Guimarães usou um tom mais duro e disse que Pedro Bravo deveria ter sido preso.

"Esse BABACA precisa sair daí já preso! Não tem desculpa! Se o cara fala isso numa TV, que está ao vivo, imagina o que não fala quando não está. Incompreensível se esse cidadão não for preso."

Bruno Guimarães, via Twitter

A CBF (Confederação Brasileira de Futebol) também se manifestou e mandou uma mensagem de solidariedade para o jovem. "Vai ter dança, drible, mas, acima de tudo, respeito. Na noite desta quinta-feira (15), nosso atleta (Vinícius Junior) foi alvo de declarações racistas. A CBF se solidariza e reforça: #BailaViniJr".

Confira a seguir outras mensagens de apoio a Vini Jr:

facebooktwitterreddit