Goiás comunica saída de Marcelo Cabo e técnico ressalta que não houve "comum acordo"

Lucas Humberto
Treinador que iniciou 2021 no Vasco deixa o Goiás no G4 da Série B
Treinador que iniciou 2021 no Vasco deixa o Goiás no G4 da Série B / Thiago Ribeiro/Agif/Gazeta Press
facebooktwitterreddit

A seis jogos do final da Série B, o Goiás demitiu o técnico Marcelo Cabo. Nesta quinta-feira (28), o Esmeraldino utilizou das suas redes sociais para anunciar a saída do técnico, que deixa o clube no G-4 da competição. A decisão foi comunicada dois dias depois de empate com o Botafogo, em Goiânia. Ele se despede com 19 jogos na conta, sendo oito vitórias, seis empates e cinco derrotas.

Sendo assim, quem assume é o auxiliar técnico Glauber Ramos, que já assumiu o time em outras oportunidades de forma interina. O Goiás começou a Série B com Pintado, que também foi demitido com o time posicionado na zona de acesso à elite. Ele acertou com a Chapecoense, onde estava até ser desligado nesta semana. O clube catarinense é o atual lanterna do Brasileirão.

Vale ressaltar que os rumores da possível demissão começaram a circular na noite desta quarta-feira (27), sendo oficializados poucas horas. Apesar da presença do Goiás no G4, Cabo viu seus ex-comandados caírem de rendimento nas últimas e decisivas rodadas da segunda divisão.

"Agradeço a toda Diretoria, comissão técnica, jogadores, a torcida e a todos os profissionais que estiveram comigo nesses últimos três meses. Sempre houve empenho e dedicação de todos no trabalho. Deixo meus votos de sucesso ao clube na busca pelos objetivos. Fica claro que não houve acordo para o seu desligamento", afirmou o treinador em nota divulgada pela assessoria de imprensa.

Nos cinco compromissos mais recentes, por exemplo, foram duas vitórias, uma derrota e dois empates. A combinação de resultados permitiu que CRB e Vasco da Gama crescessem no retrovisor.

facebooktwitterreddit