São Paulo

Gatilho contratual garante renovação de Pablo até 2023; São Paulo pagará taxa ao Athletico-PR

Lucas Humberto
Cláusula no contrato do camisa 9 previa renovação automática do contrato caso ele disputasse um determinado número de jogos
Cláusula no contrato do camisa 9 previa renovação automática do contrato caso ele disputasse um determinado número de jogos / Pool/GettyImages
facebooktwitterreddit

Boa notícia, tricolores? Ao entrar em campo nesta segunda-feira (18), na vitória do São Paulo diante do Corinthians, por 1 a 0, Pablo teve seu contrato automaticamente renovado até o fim de 2023. Isso se deu pois, durante as negociação junto ao Athletico Paranaense - antigo clube do centroavante -, ficou definido que seu vínculo seria estendido de forma automática caso ele atingisse um determinado número de partidas.

Além da extensão, o Tricolor Paulista terá de pagar uma quantia ao Furacão pela permanência do camisa 9 no Morumbi. As informações foram confirmadas por Carlos Belmonte, diretor de futebol do clube, em entrevista à Rádio Energia 97 na última semana: "Pablo é um jogador que faz parte do elenco, em seu contrato está firmado um 'gatilho' por tempo de clube, no caso esse tempo aconteceu em setembro e por isso nós temos que acertar um valor com o Athletico-PR".

Pablo Teixeira São Paulo Corinthians Contrato Renovação Athletico-PR
Desempenho de Pablo no Morumbi passa longe de agradar / Pool/GettyImages

"Faremos o pagamento assim que tivermos condições financeiras para isso. Há também uma cláusula de renovação automática de contrato, caso ele entre em campo mais uma vez, o contrato que terminaria no final de 2022 irá ser renovado por mais um ano, terminando em dezembro de 2023", completou. Apesar da novidade contratual, o jogador passa longe de ser unanimidade entre torcedores e cartolas.

Dono de um dos maiores salários do elenco, Pablo nunca chegou a entregar tudo que era esperado dele em termos de performance. De qualquer maneira, a diretoria não barrou Rogério Ceni de utilizá-lo como bem entendesse e, portanto, ele foi chamado para substituir Jonathan Calleri - o autor do gol da vitória no Majestoso saiu sentindo dores na coxa. Será que o camisa 9 terá novas chances daqui em diante?

Jonathan Calleri São Paulo Corinthians Brasileirão Pablo Contrato Athletico-PR
Calleri foi às redes contra o Timão / Alexandre Schneider/GettyImages
facebooktwitterreddit