Transferências

Em emocionante carta, Bale se despede do Real Madrid: "Foi uma honra"; relembre a trajetória do galês

Lucas Humberto
Em reta final de contrato, Bale não teve seu vínculo renovado
Em reta final de contrato, Bale não teve seu vínculo renovado / Shaun Botterill/GettyImages
facebooktwitterreddit

Da chegada astronômica às polêmicas, Gareth Bale encerrou nesta quarta-feira (1º ), seu ciclo pelo Real Madrid. Em emocionante carta direcionada aos torcedores, companheiros de time e funcionários, o atacante galês se despediu após quase uma década de serviços prestados. Ele tinha contrato válido até o fim desta temporada e não teve vínculo estendido.

"Juntos, fomos capazes de criar momentos que vão viver para sempre na história deste clube e do futebol. Foi uma honra. Obrigado! Hala Madrid! "

Gareth Bale, atacante

Junto ao material em texto, Bale postou um vídeo de três minutos com cenas desde sua apresentação no Santiago Bernabéu até lances históricos - incluindo, claro, a inesquecível bicicleta contra o Liverpool na decisão da Champions League. Florentino Pérez, presidente dos Blancos, ganhou destaque especial na carta. Leia na íntegra:

"Escrevo esta mensagem para agradecer aos meus colegas, treinadores, staff e torcedores que sempre me apoiaram.

Cheguei aqui há nove anos como um homem jovem que queria realizar meu sonho de jogar pelo Real Madrid. Vestir o uniforme branco, o escudo no meu peito, jogar no Santiago Bernabéu, conquistar títulos e ser parte daquilo pelo que somos famosos, vencer a Champions League.

Posso olhar para trás, refletir e dizer com honestidade que este sonho se tornou uma realidade e muito, muito mais.

Ser parte da história deste clube e alcançar o que alcançamos como jogador do Real Madrid foi uma experiência incrível e que nunca esquecerei.

Quero também agradecer ao presidente Florentino Pérez, ao José Ángel Sánchez e a toda a direção pela oportunidade que me deram de jogar neste clube. Juntos fomos capazes de criar momentos que fazem parte da história deste clube e do futebol. Foi uma honra. Obrigado."

Gareth Bale Real Madrid
Coadjuvante desta vez, Bale se despediu com título continental / Quality Sport Images/GettyImages

Relembre a passagem de Bale

Bale desembarcou no Santiago Bernabéu na temporada 2013/14 vindo do Tottenham. Naquela mesma campanha, a estrela em ascensão mostrou o porquê de ter valido cada centavo ao ter participação decisiva na conquista da Orelhuda. Nos anos seguintes, o galês se tornou um dos principais coadjuvantes de Cristiano Ronaldo. Antes, claro, da chegada dos problemas físicos.

Desfalque com cada vez mais frequência, o galês passou a ser alvo de cobranças da torcida. Sob comando de Zinédine Zidane, a situação tornou-se ainda mais crítica, afinal, ele deixou de ser visto como indispensável. Daí em diante, começaram episódios polêmicos, incluindo a saída do estádio antes da partida contra o Bétis terminar e o sorriso no banco enquanto os merengues perdiam.

A controvérsia mais emblemática foi a recusa do atacante em participar de um torneio amistoso em Munique. Ele preferiu ficar em Madrid jogando golfe. Meses depois, após garantir a classificação da Seleção Galesa para a Euro 2020, mais polêmica. Na celebração, o atacante apareceu com uma bandeira do país com os dizeres: "Gales. Golfe. Madrid. Nesta ordem".

Gareth Bale
Paixão de Bale pelo golfe ganhou as manchetes dos jornais / Matthew Horwood/GettyImages

A partir dali, não houve mais volta. Emprestado ao Tottenham em 2020, Gareth voltou a sofrer com problemas físicos. Em seu retorno ao Real Madrid na recém-encerrada campanha, o atleta praticamente desapareceu no banco de reservas. Carlo Ancelotti o utilizou em apenas sete duelos. Agora, resta saber qual será a próxima empreitada do pentacampeão europeu.

facebooktwitterreddit