Palmeiras

Galiotte toma decisão importante sobre futuro de Anderson Barros no Palmeiras

Fabio Utz
Política de futebol mudou desde a chegada de Barros
Política de futebol mudou desde a chegada de Barros / MARCELO ENDELLI/Getty Images
facebooktwitterreddit

O Palmeiras não irá renovar o contrato do executivo de futebol Anderson Barros. Ao menos durante a gestão Mauricio Galiotte. O atual presidente vai deixar a definição sobre quem terá as rédeas do principal departamento do clube a partir de 2022 para o próximo presidente.

Barros tem vínculo com o Verdão até o dia 31 de dezembro e, segundo o Uol, já sabe da decisão de Galiotte e encara o fato com absoluta naturalidade. Por conta dos três títulos conquistados pelo time na última temporada – Campeonato Paulista, Copa do Brasil e Libertadores -, o gestor tem seu trabalho muito bem avaliado. A partir da sua chegada, o futebol do Verdão mudou a política de gastos, valorizando as categorias de base e deixando as chamadas contratações de impacto em segundo plano.

A eleição que vai definir o novo mandatário do Palmeiras deve ocorrer no mês de novembro. Leila Pereira deve concorrer e surge, naturalmente, como grande favorita para ganhar. Pela oposição, nomes como Savério Orlandi e Luiz Pastore aparecem como potenciais candidatos.

Para mais notícias do Palmeiras, clique aqui.

facebooktwitterreddit