Fortaleza tenta fechar reforços oriundos do futebol sul-americano ainda antes do início do Brasileirão

Rogerio Ceni
Pedro Vilela/Getty Images

O Campeonato Brasileiro vai começar, e o Fortaleza, sim, corre contra o tempo para anunciar reforços. O clube, aliás, mira o mercado sul-americano e tem até domingo, data de fechamento da primeira janela de transferências internacionais, para confirmar os acertos. Nomes como o do volante Lucas Romero e do atacante Franco Fragapane surgem como alternativas, desde que as negociações ocorram por empréstimo.

Lucas Romero
Marcelo Endelli/Getty Images

Romero, que enfrentou o próprio Leão na Copa Sul-Americana deste ano, é um dos destaques do Independiente-ARG, com o qual tem contrato até 2023, e conta com o apreço do técnico Rogério Ceni. No entanto, Daniel de Paula Pessoa, diretor de futebol da equipe, foi claro. "Nem o Cruzeiro conseguiu trazer, é um jogador caríssimo. Se eu disser que ele nunca fez parte do radar do Fortaleza para contratação, estarei mentindo, mas na atual situação é um jogador caríssimo", disse ele ao Diário do Nordeste, Fragapane, por sua vez, defende o Talleres-ARG e tem a velocidade pelos lados como principal característica, algo que é pedido pelo treinador. Seu vínculo vence somente em 2022.

Fernando Torrent, Franco Fragapane
Rodrigo Valle/Getty Images

Como o futebol na Argentina ainda está paralisado por conta da pandemia de coronavírus, este pode ser um fator a ajudar o Fortaleza nas tratativas. Porém, caso elas não se concluam até o final de semana, só poderão acontecer novamente a partir de 13 de outubro, quando reabrirão as inscrições para estrangeiros. "Estamos procurando jogadores em todo o mercado. É ampla a nossa rede de dados, de pesquisa", completou Pessoa. O futebol chileno e colombiano também aparecem na mira do Leão.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique aqui.

Para mais notícias do Fortaleza, clique aqui.