Futebol brasileiro

Fortaleza e Ceará se consolidam também fora de campo e garantem histórico faturamento em royalties

Fabio Utz
Leão do Pici viveu um 2021 para lá de especial
Leão do Pici viveu um 2021 para lá de especial / Pedro Vilela/GettyImages
facebooktwitterreddit

O ano de 2021 foi especial para Fortaleza e Ceará. O Leão do Pici, pela primeira vez na história, garantiu uma vaga para disputar a Libertadores. Já o Vozão, se não terminou o Brasileirão na zona de classificação para o principal torneio do continente, ficou muito perto. Pois o resultado de campo tem muito a ver com estrutura montada fora dele. A dupla, por exemplo, fortaleceu a sua área de licenciamentos, o que gera um rendimento para lá de satisfatório em termos de royalties.

Ceará 2021 Futebol Marca Licenciamento Royalties
Ceará, por pouco, não se classificou para a Libertadores / STEPHAN EILERT/GettyImages

Como destaca o jornal O Povo, apesar da pandemia de Covid-19, o faturamento é extremamente significativo. "Há pouco tempo, tínhamos apenas quatro produtos licenciados, hoje contamos com 65, que incorporarão mais de R$ 1 milhão ao faturamento de 2021. (...) Hoje o clube fatura royalties em todos os produtos que levam o escudo tricolor. A expectativa para 2022 é de um crescimento ainda maior", disse Renan Menezes, gerente de licenciamento do Fortaleza.

No Ceará, sem contar os números relativos ao mês dezembro, o valor incorporado bate em R$ 950 mil. Segundo Lavor Neto, diretor de marketing e comunicação do clube, a oportunidade de se aproximar do torcedor é algo que precisa sempre ser levado em conta. "Podemos dizer que é um verdadeiro gol de placa. Nossa missão, dentro e fora de campo, é a valorização da marca, um trabalho intenso para que o clube esteja em constante crescimento", afirmou.

Romarinho Fortaleza Futebol Marca Licenciamento Royalties
Fortaleza garantiu vaga inédita para a próxima Libertadores / Miguel Schincariol/GettyImages

A expansão desta área é natural, incluindo aí mercados até então pouco explorados, como o varejo e setor de serviços (cursos, viagens etc). Entendeu por qual razão Leão do Pici e Vozão estão em alta?

Para mais notícias do Ceará, clique aqui.

Para mais notícias do Fortaleza, clique aqui.

facebooktwitterreddit