Fortaleza

Fortaleza acerta ao demitir Enderson Moreira, mas precisa correr de ‘mais do mesmo’

Antonio Mota
Apr 26, 2021, 10:24 AM GMT-3
Com resultados, mas “sem desempenho”: Fortaleza acertou ao demitir Enderson Moreira. Jogada, porém, é arriscada.
Com resultados, mas “sem desempenho”: Fortaleza acertou ao demitir Enderson Moreira. Jogada, porém, é arriscada. / Alexandre Schneider/Getty Images
facebooktwitterreddit

A “era” Enderson Moreira no Fortaleza chegou ao fim. Após pouco mais de cem dias de união, o Leão do Pici decidiu romper o vínculo com o treinador. E não pelos números de seu trabalho, mas pelo desempenho aquém das expectativas apresentado pelo clube ao longo dos últimos meses. Acertou o Tricolor? A decisão soa como imediatista, mas, com o calendário em andamento e o Campeonato Brasileiro surgindo no horizonte, não há tempo a perder.

Sob o comando de Enderson – da primeira semana do ano até o último final de semana –, o Tricolor disputou 23 partidas, com 12 vitórias, quatro empates e sete derrotas. Os números não são ruins, em especial se observado que o treinador pegou o clube em baixa no Brasileirão de 2020 e que precisou “se virar nos 30’” para salvá-lo da queda para a Série B, no entanto, as projeções não eram nada boas. E aí, com a eliminação na Copa do Nordeste, chegou a hora de mudar.

Vale enfatizar, por exemplo, que o Fortaleza de Enderson Moreira foi eliminado para o Bahia no Nordestão sem dar uma finalização no gol adversário. E dentro do Castelão. Como explicar? Além disso, o treinador também não tinha mais “moral” para queimar com a torcida. O desgaste não o favoreceu e não fazia bem pensando num longo prazo.  

Portanto, o Fortaleza acertou ao tomar essa decisão agora, com tempo para encontrar um novo treinador e se preparar para o Brasileirão de 2021. A questão, no entanto, é saber se o clube não vai apostar em “mais do mesmo” para a sequência da temporada.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique aqui.

facebooktwitterreddit