Palmeiras

Fora dos planos, Lucas Lima fica milionário somente com contrato junto ao Palmeiras - veja os números

Fabio Utz
Meia sequer irá se apresentar junto com o elenco
Meia sequer irá se apresentar junto com o elenco / Miguel Schincariol/GettyImages
facebooktwitterreddit

Após período de empréstimo ao Fortaleza, Lucas Lima voltou a ser jogador do Palmeiras para 2022. Isso não significa, porém, que será utilizado. Fora dos planos do clube - que busca um novo repasse ao Leão do Pici para ao menos amenizar os gastos mensais com o meia -, ele sequer irá se apresentar com o restante do elenco na quarta-feira. E olha que se trata de um profissional de custo para lá de elevado.

Conforme números trazidos pelo UOL Esporte, Lucas Lima chegou ao Verdão, em 2018, ganhando R$ 600 mil de salário - este valor cresceu R$ 50 mil por temporada, chegando agora a R$ 800 mil. Além disso, seu contrato previa uma bonificação de R$ 15 mil por partida disputada - foram 171 no total até hoje - e luvas de R$ 15 milhões, com repasse de R$ 250 mil por mês. Ou seja, a remuneração atual do profissional é de R$ 1,050 milhão.

Lucas Lima já embolsou mais de R$ 53 milhões desde que desembarcou na Academia de Futebol como o grande reforço do clube para a temporada de 2018. Somando o que ainda lhe é de direito em 2022, este montante ultrapassará a casa dos R$ 60 milhões.

Como seu vínculo se encerra em dezembro, e ele pode assinar um pré-contrato a partir da metade do ano, dificilmente algum rival irá investir na compra dos direitos econômicos. Ou seja, o jogador de 13 gols e 22 assistências deve ir embora de graça, sem corresponder a pleno e tendo ficado milionário. Se antes era visto como solução, virou uma decepção.

Para mais notícias do Palmeiras, clique aqui.

facebooktwitterreddit