Fluminense acerta em cheio com Samuel Xavier, mas busca por 9 preocupa por histórico recente

Nathália Almeida
Jan 9, 2021, 10:37 AM GMT-3
2020 Brasileirao Series A: Red Bull Bragantino v Ceara Play Behind Closed Doors Amidst the
2020 Brasileirao Series A: Red Bull Bragantino v Ceara Play Behind Closed Doors Amidst the | Miguel Schincariol/Getty Images
facebooktwitterreddit

Além da espetacular vitória no clássico contra o arquirrival Flamengo, o torcedor do Fluminense ainda recebeu outra ótima notícia nesta semana: o primeiro reforço para a temporada 2021 já está acertado, e trata-se de uma contratação bastante interessante por parte do clube carioca. Estamos falando de Samuel Xavier, lateral-direito de 30 anos que deixará o Ceará ao final do Brasileirão.

Bastante regular e confiável, Samuel Xavier não é um lateral de muitos gols ou assistências, mas é inteligente e tem boa qualidade no apoio. Equilibra bem as funções ofensivas e defensivas, algo raro para a posição. Preencherá um setor bastante carente no atual elenco tricolor, tendo em vista que Igor Julião não conta com a confiança do torcedor e o jovem Calegari, apesar de muito talentoso e dono de um futuro promissor, ainda tem muito a maturar/evoluir em seu jogo.

Wagner Meier/Getty Images

Outra posição tida como prioridade para 2021, aos olhos no departamento de futebol tricolor, é a referência ofensiva. De fato, o setor carece de uma contratação que não levante suspeitas ou questionamentos, já que as alternativas atuais para o experiente Fred não têm nível técnico para defender o Fluminense: Caio Paulista, Lucca e Felippe Cardoso são voluntariosos, mas deixam muito a desejar em fundamentos básicos para um centroavante, como a finalização.

A busca por um camisa 9 de confiança precisa ser cirúrgica, algo que definitivamente não tem acontecido nas Laranjeiras desde que Fred deixou o clube em 2016. Exceção à Henrique Dourado - que demorou a engrenar vestindo a camisa tricolor, mas depois foi bem -, o clube empilhou erros de mercado para a posição, como Kayke e Júnior Dutra, para citar outros além dos que hoje fazem parte do elenco tricolor. Contratações desse tipo não agregam nada e são muito danosas ao clube, vide o processo na Justiça movido por Kayke contra o Fluminense.

2020 Brasileirao Series A:  Fluminense v Coritiba Play Behind Closed Doors Amidst the Coronavirus
2020 Brasileirao Series A: Fluminense v Coritiba Play Behind Closed Doors Amidst the Coronavirus | Bruna Prado/Getty Images

Para ir ao mercado por um 9, o movimento precisa ser certeiro. Do contrário, o melhor a se fazer é apostar nos pratas da casa: melhor base do Brasil na formação de centroavantes, Xerém tem nada menos do que três artilheiros de muito futuro. O que parece mais preparado para o profissional é o talentoso John Kennedy, mas Samuel Granada e Kayky também estão no caminho certo.

facebooktwitterreddit