Flamengo vê dívidas com transferências de jogadores dispararem em 2020

Gerson
Flamengo v Botafogo - Brasileirao Series A 2019 | Bruna Prado/Getty Images

Dívidas na Gávea! Em meio à pandemia do novo coronavírus e sem o fluxo de caixa padrão, o Flamengo vê contas milionárias por compras de jogadores chegarem ao Ninho do Urubu e necessidade de renegociar prazos com vendedores. O cenário, no entanto, não significa que o clube ‘quebrou’.



De acordo com informações do O Globo, o Rubro-Negro Carioca terminou os três primeiros meses da temporada com R$ 274,1 milhões em dívidas referentes à transferência de jogadores. Em comparação com dezembro do ano passado, o montante cresceu, no total, em R$ 124,8 milhões. Os números incluem luvas e comissões aos intermediários.

Gabriel Barbosa
Liverpool FC v CR Flamengo - FIFA Club World Cup Qatar 2019 | Simon Holmes/Getty Images

Em si, a quantia foi impulsionada significantemente pela compra de Gabigol. O atacante custou aos cofres rubro-negros R$ 95,2 milhões, sendo que R$ 83,6 milhões ainda precisam ser pagos. Além da dívida relativa a transferência do camisa 9, o Flamengo ainda tem outros três grandes compromissos para quitar.




Os outros débitos são de R$ 42,9 milhões com a Roma por Gerson, de R$ 28,6 milhões com o
Goiás por Michael, e de R$ 22,8 milhões com o Athletico Paranaense por Léo Pereira. Vale destacar que o Flamengo tem reservas financeiras e ainda pegou um empréstimo de R$ 50 milhões para manter a casa em ordem.




Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique aqui.