Opinião

Flamengo precisa de zagueiro para vaga de Rodrigo Caio, que hoje é mais "opção" do que solução

Antonio Mota
Com novo problema no joelho, Rodrigo Caio não vai se reapresentar no dia 10 ao Flamengo.
Com novo problema no joelho, Rodrigo Caio não vai se reapresentar no dia 10 ao Flamengo. / Miguel Schincariol/GettyImages
facebooktwitterreddit

O zagueiro Rodrigo Caio não entrou em 2022 da forma que gostaria, com saúde para retomar o futebol que o levou a conquistar títulos no Flamengo e a recebecer novas chances na Seleção Brasileira. Internado em hospital no Rio de Janeiro desde os primeiros dias do ano, o defensor sofreu um novo problema no joelho (infecção) e precisou passar por um procedimento cirúrgico, o qual vai adiar sua reapresentação e afastá-lo dos gramados por mais um período – 7 a 10 dias.  

Em comunicado, o médico Márcio Tannure, que é chefe do departamento médico do Fla, falou sobre o problema do zagueiro de 28 anos, declarando que o defensor passou por uma “artroscopia cirúrgica no joelho direito” e que essa aconteceu “sem nenhuma intercorrência”. Tannure explicou ainda que o atleta realizou um “tratamento antibiótico de forma venosa para ter o melhor resultado” e, também, que o jogador passou por um procedimento para descobrir a eficácia do tratamento.

Diante do novo problema, Rodrigo Caio não vai participar da reapresentação do Flamengo, marcada para essa segunda-feira (10), junto aos demais companheiros do profissional. O sinal de alerta precisa estar ligado no Fla, que não pôde contar com o defensor em mais da metade das partidas nas últimas duas temporadas (2020 e 2021).

Rodrigo Caio é um excelente jogador, sendo, em plena forma, um dos melhores zagueiros em atividade no Brasil. Mas existe essa “questão”: o defensor há muito tempo não aparece 100% fisicamente. E isso afeta o Flamengo – além da carreira do jogador, obviamente –, que o tem como um dos principais nomes do elenco. É hora de o Fla enxergá-lo como “opção” e não como o grande zagueiro da equipe.  

Além disso, com a chegada de Paulo Sousa, o Flamengo precisa olhar com cuidado e atenção para o sistema defensivo e, neste cenário, Rodrigo Caio deve ser visto como uma das alternativas. O clube precisa de novos defensores – e/ou que Léo Pereira, Gustavo Henrique e cia reencontrem o futebol de outrora.   

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.

facebooktwitterreddit