Flamengo estima arrecadar quase R$ 1 bilhão em 2021; grupo político critica 'otimismo excessivo'

Antonio Mota
Flamengo estima arrecadação bruta de quase R$ 1 bilhão para o próximo ano.
Flamengo estima arrecadação bruta de quase R$ 1 bilhão para o próximo ano. / Wagner Meier/Getty Images
facebooktwitterreddit

O Conselho de Administração do Flamengo aprovou, com a maioria dos votos, na noite da última terça-feira (15), o orçamento do clube para 2021. Em reunião híbrida na Gávea, os cartolas estimaram uma receita bruta de R$ 953 milhões para a próxima temporada – valor sensivelmente maior ao projetado inicialmente para esse ano: R$ 726 milhões.

Como informa o Lance!, o Rubro-Negro espera arrecadar R$ 168 milhões apenas com vendas de jogadores. Em sua proposta, o clube também informou que espera fazer uma contratação de R$ 30 milhões. Este montante, no entanto, é equivalente às duas primeiras parcelas a serem pagas à Fiorentina pela compra de Pedro.

O Flamengo vai desembolsar 14 milhões de euros para contar com Pedro.
O Flamengo vai desembolsar 14 milhões de euros para contar com Pedro. / Getty Images/Getty Images

Um outro ponto importante é que o orçamento do Flamengo para 2021 foi fechado antes da eliminação precoce da equipe na Conmebol Libertadores. Ou seja, na proposta, ainda há a previsão de arrecadação de R$ 98 milhões no torneio, o que não vai mais acontecer – R$ 18 milhões ficaram pelo caminho, uma vez que o clube não chegou às semis.

DA REAÇÃO

A aprovação, no entanto, não foi bem aceita por todos nos bastidores do clube. O grupo político “SóFLA” se mostrou preocupado e criticou a estimativa ‘excessivamente otimista’. Veja:  

“O SóFLA sempre defendeu a gestão profissional e responsável dos recursos do FLAMENGO e, por essa razão, nos causam bastante preocupação as premissas excessivamente otimistas adotadas na proposta de orçamento levada à deliberação no Conselho de Administração na noite de hoje. Embora o grupo reconheça a boa saúde financeira do Clube, entendemos que o orçamento deveria ter sido elaborado com base em premissas mais realistas, considerando o atual contexto econômico e sanitário do país. O grupo segue vigilante para que não haja retrocesso quanto à gestão responsável e profissional do Clube”, publicou.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.

facebooktwitterreddit