Futebol brasileiro

Flamengo encaminha novo protocolo para tentar liberação de 30% da capacidade do Maracanã

Lucas Humberto
Intenção do Mais Querido é liberar 30% da capacidade total do Maracanã, totalizando cerca de 23 mil pessoas
Intenção do Mais Querido é liberar 30% da capacidade total do Maracanã, totalizando cerca de 23 mil pessoas / Pool/Getty Images
facebooktwitterreddit

Imparável na luta pelo retorno dos torcedores ao estádio, o Flamengo encaminhou um novo protocolo à Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro na tarde desta sexta-feira (23), solicitando a liberação de público em partidas no Maracanã. A intenção do Mais Querido é que seja permitida 30% da capacidade total do estádio, totalizando cerca de 23 mil pessoas.

Flamengo Maracanã Copa América Público
Flamengo tenta liberar 30% do público no Maracanã / Buda Mendes/Getty Images

Este é o segundo pedido do Rubro-Negro nas últimas semanas. No primeiro protocolo, o clube utilizou como base o documento usado pela Conmebol e aprovado pela Prefeitura do Rio para a disputa da final da Copa América. A nova solicitação, tendo como base o que aconteceu no jogo contra o Defensa y Justicia-ARG, em Brasília, pela Libertadores, projeta setores separados, distanciamento e uso de máscara.

"Discutimos 20% da capacidade do Maracanã na semana passada e agora, estamos pleiteando 30%. Tem alguns ajustes que a própria Vigilância Sanitária do Rio de Janeiro gostaria de pedir em função da experiência de Brasília."

Bap, em entrevista à Rádio Globo

Caso os novos papéis sejam aprovados, o Flamengo poderá mandar seu jogo das quartas de final do torneio continental, diante do Olimpia-PAR, no Maracanã. Até o momento, a Conmebol é a única entidade que liberou a volta de público em suas competições. A CBF ainda estuda permitir a presença de torcedores nas quartas de final da Copa do Brasil.

Para mais notícias do Flamengo, clique aqui.

facebooktwitterreddit