Brasileirao Série A

Flamengo e Atlético-MG seguem em desacordo sobre data final do Brasileirão; cartola do Galo 'cutuca' rival

Antonio Mota
Clima nos bastidores é quente entre Flamengo e Atlético-MG. Clubes têm divergências quanto ao calendário do Brasileirão.
Clima nos bastidores é quente entre Flamengo e Atlético-MG. Clubes têm divergências quanto ao calendário do Brasileirão. / Bruna Prado/GettyImages
facebooktwitterreddit

Em meio à disputa do Campeonato Brasileiro, Flamengo e Atlético-MG continuam trocando farpas nos bastidores e discordando sobre o calendário da CBF. Ao “ge”, o presidente do Galo, Sérgio Coelho, comentou sobre uma publicação do vice-presidente de relações externas do Fla, Luiz Eduardo Baptista, o BAP, e se mostrou totalmente contrário à possibilidade de a temporada acabar seis dias mais tarde: passar do dia 9 para o dia 15 de dezembro.

Não iremos concordar, de forma alguma, a mudar o término do calendário do Brasileiro do dia 9 ao dia 15. Não iremos aceitar que mudem o calendário. E nem a CBF irá cair para tomar uma decisão ridícula dessas. São pessoas sérias lá dentro, estamos tranquilos”, iniciou Sérgio Coelho, falando ainda sobre as férias dos atletas:  

“Até porque temos que dar férias aos jogadores, eles têm esse direito. Eles entram de férias dia 16 de dezembro para voltar no dia 15 de janeiro, já com o início da próxima temporada em 28 de janeiro, me parece. Serão duas semanas de pré-temporada”, completou o cartola do Atlético.

Flamengo Hulk Atlético-MG Leo Pereira
Flamengo e Atlético-MG não estão em paz. / Wagner Meier/GettyImages

Na última segunda-feira, 1º, o VP do Flamengo fez uma publicação no Twitter indicando que o Galo estaria sendo favorecido com o término do Brasileirão no dia 9 de dezembro. Vale lembrar que o Fla tem três partidas atrasadas (Athletico-PR, Atlético-GO e Grêmio), enquanto o Atlético tem um jogo a pagar – contra o Grêmio.

Atualmente, o Rubro-Negro ocupa a terceira posição e tem 10 pontos a menos do que o líder Atlético-MG, mas a diferença pode cair para quatro nos próximos dias – caso tudo dê certo para o clube do Rio de Janeiro.

O Atlético-MG, cabe notar, ficou com apenas uma partida a menos por ter aceitado entrar em campo desfalcado nas datas FIFA. O Flamengo, por sua vez, decidiu ficar mais jogos de fora e, por isso, ainda tem três jogos ‘extras’ a cumprir.

“Eles, na data FIFA, resolveram não jogar dois jogos porque os seus jogadores estavam convocados. O Atlético poderia exercer o mesmo direito. Não quisemos, preferimos entrar com time desfalcado com jogadores nossos na Seleção do Brasil, Paraguai... Entramos com o time desfalcado para que não houvesse adiamento do fim do calendário. E o Flamengo agora quer que o campeonato vá até o dia 15, eles irão jogar de 3 em 3 dias. Não é problema mais do calendário, é do clube”, salientou Sérgio Coelho.

O mandatário do Galo ainda finalizou a conversa utilizando uma ‘expressão derivada do Pai Nosso’ para falar o que acha do Flamengo: “Venha a nós, e ao vosso reino nada?" É isso mesmo... Tudo para eles é pouco, querem tudo!, concluiu.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.

facebooktwitterreddit