Futebol brasileiro

Flamengo desmarca reunião entre jogadores e torcidas organizadas

Antonio Mota
Rubro-negro garantiu os três pontos na estreia da Libertadores
Rubro-negro garantiu os três pontos na estreia da Libertadores / Leonardo Fernandez/GettyImages
facebooktwitterreddit

O encontro entre jogadores e membros de torcidas organizadas do Flamengo, previsto para esta quinta-feira (7) foi cancelado. A princípio, a conversa aconteceria no CT Ninho do Urubu, mas a repercussão negativa e a tensão nos últimos dias foram analisados pela diretoria e os atletas cumprem apenas a rotina de treinamentos prevista pela comissão técnica.

Segundo informações do “ge”, o vice-presidente de futebol Marcos Braz foi o responsável por agendar, de forma unilateral, algo que não foi bem aceito pelo elenco. Inclusive, o meio-campista Éverton Ribeiro classificou a evento como “não natural” ao ser questionado sobre o assunto no desembarque do time que voltou do Peru, onde venceu o Sporting Cristal por 2 a 0, na estreia da Libertadores.  

Everton Ribeiro Flamengo Libertadores Organizadas
"Essa reunião eu não fui informado, então vamos ver como vai acontecer. Acho que a cobrança, ainda mais sendo Flamengo, é natural", disse Ribeiro / Leonardo Fernandez/GettyImages

O momento do Flamengo não é bom e há muita pressão sobre Marcos Braz. Nesta semana o VP desmarcou outra reunião, desta vez com conselheiros do clube que estariam insatisfeitos e cobram explicações sobre a atual fase da equipe em campo.

Diante deste conturbado cenário, o rubro-negro se prepara para estrear no Campeonato Brasileiro, no sábado (9), contra o Atlético-GO, atual campeão goiano, no Estádio Antônio Accioly, em Goiânia.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.

facebooktwitterreddit