Flamengo

Flamengo aciona Grupo Globo na Justiça e alega uso indevido da marca – saiba mais

Matheus Nunes
Clube exige indenização pelo uso da "marca Flamengo"
Clube exige indenização pelo uso da "marca Flamengo" / Wagner Meier/GettyImages
facebooktwitterreddit

O Flamengo entrou com uma ação judicial contra o Grupo Globo exigindo que a emissora deixe de usar a "marca Flamengo" no game Cartola FC. Além disso, o clube pede indenização e que o contrato atual seja revisado. A informação foi divulgada pela revista Veja.

O Departamento Jurídico do Rubro-Negro alega que o jogo virtual rende valores altos a Globo, e que o clube deveria receber uma quantia por isso, devido ao direito marcário. Ainda segundo o processo, o pedido para a remoção do conteúdo acontece desde 2020.

"Por esta ação ordinária, pretende o Flamengo obter tutela jurisdicional para (i) condenar a ré a se abster de utilizar indevidamente a sua marca e símbolos no jogo eletrônico Cartola, (ii) condenar a ré ao pagamento de indenização em razão da violação a direito marcário, ou, subsidiariamente, (iii) promover a revisão do contrato para adequar a contrapartida financeira devida ao Flamengo", relata o Flamengo.

A Globo rebate o pedido e afirma que o game faz parte de uma ação proporcional do Brasileirão e que está dentro do vínculo assinado entre as partes. O processo foi protocolado na 5ª Vara Empresarial da Comarca da Capital, com os cariocas sendo representados pelo escritório Marlan Marinho Jr. Advogados.

facebooktwitterreddit