Futebol Feminino

Final da Champions League Feminina: o que representa o título para Barcelona e Lyon?

Antonio Mota
Confronto de “eras”? O temido Barcelona vai encarar o tradicionalíssima Lyon na final da Champions League Feminina 2021/22. Histórico!
Confronto de “eras”? O temido Barcelona vai encarar o tradicionalíssima Lyon na final da Champions League Feminina 2021/22. Histórico! / Catherine Ivill - AMA/GettyImages
facebooktwitterreddit

Agora é para valer! Neste sábado (21), Barcelona e Lyon vão se enfrentar no Juventus Stadium, em Turim, na Itália, às 14h (de Brasília), pela final da Champions League Feminina 2021/22. Atual campeão, o Barça vai a campo para defender a coroa de dono da Europa e também para reviver o sentimento de ser o clube mais poderoso do planeta. O L'OL, do outro lado, vai tentar voltar ao topo do futebol do Velho Continente e, de quebra, atrapalhar os planos do rival de outrora.

De olho na encantada “Orelhuda”, os poderosos oponentes de Espanha e França encaram essa final não apenas como uma chance de erguer o troféu mais desejado da Europa, mas também como uma oportunidade ímpar de firmar posição e de consolidar um trabalho de excelência. É o momento, o confronto e a liga ideal para ambos os times se provarem e fincarem bandeira (ainda mais) como autênticas potências mundiais da modalidade.

Alexia Putellas, Fridolina Rolfo, Aitana Bonmati Barcelona  Lyon Champions League Feminina
O Barcelona é o mais novo carro-chefe do futebol feminino da Europa. / Eric Alonso/GettyImages

O Barcelona é o clube a ser batido no momento. Avassalador dentro e fora da Espanha, o Barça é dono de recordes assustadores, apresenta um futebol imponente e normalmente parece atuar em uma frequência diferente da dos adversários: prova disso é que venceu todos os 30 jogos na campanha vitoriosa da LaLiga 2021/22. É uma grande força, mas que ainda busca esticar ‘tamanha folga’ para poder falar em hegemonia local e continental.

Sandra Paños, Alexia, Caroline Graham Hansen e Jenni Hermoso estão prontas para fazer história novamente. Vem o bi?

Enquanto o escudo do Camp Nou é o mais novo "bicho-papão" da modalidade no Velho Continente, o Lyon é uma antiga e prestigiada referência do futebol feminino na França e em todo o mundo. Maior campeão e dono de diversas marcas históricas da Champions League, L’OL representa a liga como poucos e não teme nenhuma equipe, mesmo nas oportunidades em que não aparece como favorito – como é o caso da final continental.

A verdade é que o time da Ligue 1 tenta retomar o posto que tanto se acostumou a ter nos últimos anos: o de ser principal clube da UEFA. E além disso, também defende um legado, já que não parece disposto a abrir caminho para outra equipe iniciar uma “era de glórias” na Europa.

Barcelona  Lyon Champions League Feminina Renard
O Lyon é a história viva da Champions League Feminina. / FRANCK FIFE/GettyImages

Portanto, é válido dizer que o Barcelona enxerga na taça da Champions League Feminina uma oportunidade de ratificar o seu grande e brilhante projeto para além do seu país, enquanto o Lyon tenta voltar ao topo e se isolar ainda mais como o maior vencedor da Europa. E mais, o momento e o torneio são perfeitos para ambos, já que terão os holofotes da maior liga de clubes do mundo para darem um espetáculo e completarem os seus objetivos.

Vale destacar ainda que os times reeditarão a final da Champions League 2018/19, na qual o Lyon triturou o Barça: 4 a 1. Duas forças, duas perspectivas, muitas histórias... e apenas uma taça. Quem será o campeão?

facebooktwitterreddit