Opinião

Fim da linha? Tropeço contra o Galo pode tornar situação insustentável para Renato no Flamengo

Antonio Mota
Vexame contra o Galo pode marcar o fim da “era Renato Gaúcho” no Flamengo. Treinador já balança.
Vexame contra o Galo pode marcar o fim da “era Renato Gaúcho” no Flamengo. Treinador já balança. / Franklin Jacome/GettyImages
facebooktwitterreddit

O clima no Flamengo não é bom. Recém-eliminado nas semifinais da Copa do Brasil e (muito!) distante do líder Atlético-MG no Campeonato Brasileiro, o Rubro-Negro encara uma forte crise a menos de 30 dias da final da Conmebol Libertadores. E, neste sábado, 30, pode ver o cenário ficar ainda mais nebuloso, a ponto de se tornar insustentável para o técnico Renato Gaúcho.

Neste último final de semana de outubro, o Mais Querido vai ter uma grande decisão diante do próprio Galo, no Maracanã, pela 29ª rodada do Brasileirão, e, se perder (ou até empatar), vai praticamente dar adeus oficialmente ao tri consecutivo da Série A. A situação é dramática e, a depender do que aconteça, pode marcar o fim da “era Renato Gaúcho” no clube vermelho e preto.  

Renato Gaucho Flamengo
Renato Gaúcho não tem o futuro garantido no Flamengo. / Buda Mendes/GettyImages

Se não vencer o Atlético, o Flamengo vai ficar ainda mais longe da ponta da tabela do Brasileirão. Atualmente, o Rubro-Negro tem 13 pontos a menos do que o Galo: 46 a 59 – lembrando que o Fla também tem dois jogos a menos que o time de Belo Horizonte. Em caso de derrota, vai ficar 16 pontos atrás. O empate deixa tudo igual, mas aí os cariocas não terão mais nenhum confronto direto para tirar pontos do rival.

Diante deste contexto, Renato Gaúcho tem uma decisão a vencer no final de semana. Outros resultados não interessam ao Flamengo e, mais, ainda podem encurtar sua estada no Ninho do Urubu. Um novo vexame após o insucesso na Copa do Brasil, então, vai inviabilizar totalmente a continuidade do trabalho do treinador no clube onde brilhou como jogador.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.

facebooktwitterreddit