Flamengo

Fim da linha? Torcida do Flamengo cobra demissão de Paulo Sousa após derrota para o Fortaleza

Nathália Almeida
Paulo Sousa foi muito xingado no Maracanã
Paulo Sousa foi muito xingado no Maracanã / MAURO PIMENTEL/GettyImages
facebooktwitterreddit

Paulo Sousa e torcida do Flamengo: uma relação desgastada desde a origem - seu nome não era unanimidade nas arquibancadas quando anunciado -, e que parece se desgastar mais a cada nova atuação ruim da equipe carioca. Na tarde deste domingo (5), a "panela de pressão" em que o lusitano está ficou ainda mais quente por conta da derrota rubro-negra por 2 a 1 para o Fortaleza, lanterna do Brasileirão, em pleno Maracanã.

Após o apito final da partida, os pouco mais de 62 mil torcedores presentes no estádio protestaram veementemente contra dirigentes do clube e sua comissão técnica. O presidente Rodolfo Landim, o vice-presidente de futebol Marcos Braz e o técnico Paulo Sousa foram os "alvos favoritos" das efervescentes arquibancadas rubro-negras. A equipe também não foi poupada de críticas, com cânticos de "time sem vergonha" sendo entoados a plenos pulmões.

Com a derrota em casa, o Flamengo permaneceu estacionado na décima colocação do Brasileirão com 12 pontos conquistados, apenas três de vantagem em relação ao time que hoje abre a zona de rebaixamento, o Goiás. O próximo compromisso rubro-negro será na quarta-feira, 8 de junho, contra o Red Bull Bragantino no Nabizão.

facebooktwitterreddit