Esports

FIFA 23: dinastia de Lionel Messi e Cristiano Ronaldo chega ao fim depois de 14 anos

Lucas Humberto
Pela primeira vez desde 2008, Messi e Cristiano Ronaldo não lideram os maiores overalls do game
Pela primeira vez desde 2008, Messi e Cristiano Ronaldo não lideram os maiores overalls do game / Nicolò Campo/GettyImages
facebooktwitterreddit

A EA Sports revelou, na manhã desta segunda-feira, 12, as notas dos 23 jogadores com maior overall no FIFA 23. As cinco primeiras posições são ocupadas por Kylian Mbappé e Lionel Messi, do Paris Saint-Germain, Karim Benzema, do Real Madrid, Robert Lewandowski, do Barcelona, e Kevin de Bruyne, do Manchester City. Todos estão empatados com 91 de overall.

Chama atenção que, pela primeira vez desde 2008, Lionel Messi e Cristiano Ronaldo não aparecem na liderança dos maiores overalls do FIFA. Em comparação ao game anterior, tanto o argentino quanto o português receberam nerf em suas estatísticas: o camisa 30 do PSG saiu de 93 para 91, enquanto camisa 7 do Manchester United foi de 91 para 90.

Lionel Messi, meia-atacante do PSG
Messi perdeu o posto de líder da lista de maiores overalls do FIFA / Catherine Steenkeste/GettyImages

A dinastia Messi-Cristiano Ronaldo na cronologia do FIFA

FIFA 08

1- Ronaldinho (91)
2- Cristiano Ronaldo (91)
3- Gianluigi Buffon (91)
4- Kaká (90)
5- Wayne Rooney (90)

FIFA 09

1- Cristiano Ronaldo (91)
2- Casillas (91)
3- Lionel Messi (90)
4- Kaká (90)
5- Gianluigi Buffon (90)

FIFA 10

1- Lionel Messi (90)
2- Casillas (90)
3- Júlio César (89)
4- Cristiano Ronaldo (89)
5- Franck Ribéry (88)

FIFA 11

1- Lionel Messi (90)
2- Cristiano Ronaldo (89)
3- Casillas (89)
4- David Villa (88)
5- Wayne Rooney (88)

FIFA 12

1- Lionel Messi (94)
2- Cristiano Ronaldo (92)
3- Xavi (91)
4- Iniesta (91)
5- Wayne Rooney (90)

FIFA 13

1- Lionel Messi (94)
2- Cristiano (92)
3- Falcao (90)
4- Franck Ribéry (90)
5- Xavi (90)

FIFA 14

1- Lionel Messi (94)
2- Cristiano Ronaldo (92)

3- Franck Ribéry (90)
4- Falcao (90)
5- Iniesta (89)

FIFA 15

1- Lionel Messi (93)
2- Cristiano Ronaldo (92)

3- Manuel Neuer (90)
4- Zlatan Ibrahimovic (90)
5- Arjen Robben (90)

FIFA 16

1- Lionel Messi (94)
2- Cristiano Ronaldo (93)

3- Neymar (90)
4- Luis Suárez (90)
5- Manuel Neuer (90)

FIFA 17

1- Cristiano Ronaldo (94)
2- Lionel Messi (93)

3- Neymar (92)
4- Luis Suárez (92)
5- Manuel Neuer (92)

FIFA 18

1- Lionel Messi (94)
2- Cristiano Ronaldo (94)

3- Neymar (92)
4- Luis Suárez (92)
5- Manuel Neuer (92)

FIFA 19

1- Lionel Messi (94)
2- Cristiano Ronaldo (94)

3- Neymar (92)
4- Jan Oblak (91)
5- Kevin de Bruyne (91)

FIFA 20

1- Lionel Messi (94)
2- Cristiano Ronaldo (93)

3- Neymar (92)
4- Virgil Van Dijk (91)
5- Jan Oblak (91)

FIFA 21

1- Lionel Messi (93)
2- Robert Lewandowski (92)
3- Cristiano Ronaldo (92)
4- Jan Oblak (91)
5- Kevin de Bruyne (91)

FIFA 22

1- Lionel Messi (93)
2- Robert Lewandowski (92)
3- Karim Benzema (91)
4- Kylian Mbappé (91)
5- Mohamed Salah (91)

FIFA 23

1- Kylian Mbappé (91)
2- Lionel Messi (91)
3- Karim Benzema (91)
4- Robert Lewandowski (91)
5- Kevin de Bruyne (91)

Declínio estatístico nos clubes

Ainda protagonistas em seus respectivos clubes, numericamente falando Messi e Cristiano Ronaldo não são nem de longe os mesmos de outros idos. Basta comparar, por exemplo, o ano de 2019, o último em que os eternos rivais estavam empatados e dividiam o topo do FIFA. Na ocasião, o luso terminou a temporada 2018/19 com 28 gols e 11 assistências em 43 partidas pela Juventus.

Cristiano Ronaldo, atacante do Manchester United
Eternos rivais das estatísticas individuais não conseguem ser tão decisivos quanto em outros idos / Michael Regan/GettyImages

Nos gramados da Espanha, o argentino entregou 51 gols e 22 assistências em 50 duelos disputados pelo Barcelona. Por outro lado, na encerrada campanha 2021/22, CR7 contribuiu com 24 tentos e três assistências em 39 compromissos pelo Manchester United. No PSG, o camisa 30 teve exibições substancialmente mais discretas: 11 gols e 15 assistências em 34 confrontos.

É o “início” do fim de era...

facebooktwitterreddit