Esports

FIFA 22: EA Sports suspende mais de 30.000 contas ativas

Daniel Farias
FIFA 22 tem diversos modos de jogo
FIFA 22 tem diversos modos de jogo / Divulgação: EA Sports
facebooktwitterreddit

A EA Sports suspendeu mais de 30.000 contas ativas do FIFA 22 na última terça-feira (19). A ação está relacionada a uma falha FUT Champions Finals (de 15 a 17 de outubro) chamada "no loss glitch", que faz com que as derrotas dos usuários que se aproveitarem da ocasião não sejam registradas.

O FUT Champions Finals é a principal competição de cada fim de semana no FIFA Ultimate Team. Os jogadores devem se qualificar a cada semana por meio de um sistema de play-off. Após a qualificação, eles recebem 20 partidas para serem disputadas entre sexta-feira e domingo, buscando ganhar o máximo de pontos possível. Houve uma falha 'no loss glitch' encontrada pelos jogadores durante a competição de 15 a 17 de outubro e vários deles se aproveitaram da situação para evitar perder jogos.

A EA Sports foi relativamente rápida em corrigir a falha e, em seguida, notificou a comunidade que estava identificando os jogadores que se aproveitaram da situação. Na última terça-feira (19), a EA Sports puniu os usuários envolvidos.

"Identificamos mais de 30.000 contas ativas que exploravam esse problema de forma consistente e as suspendemos do FIFA 22 online por sete dias, impedindo-as de participar do FUT Champions Finals desta semana", disse a EA Sports.

A EA Sports foi tolerante com o novo formato FUT Champions deste ano, reduzindo em 10 a quantidade de jogos e adicionando progressão ao perder. Os jogadores ganham quatro pontos por vitória e um ponto por derrota. Mesmo se um jogador chegar a 0-20, ele ainda ganhará recompensas decentes. Ainda assim, alguns membros da comunidade queriam usar o "truque" para evitar perdas.

facebooktwitterreddit