Futebol brasileiro

Ferreira ganha a camisa 10 e tem novo status no Grêmio; clube trata renovação como a 'contratação do ano'

Fabio Utz
Atacante está com contrato renovado até 2024
Atacante está com contrato renovado até 2024 / Silvio Avila/GettyImages
facebooktwitterreddit

Em coletiva de imprensa no início da tarde desta sexta-feira, a direção do Grêmio oficializou, ao lado de Ferreira, a renovação de contrato do atacante. Agora, o atleta tem vínculo com o Tricolor até o final de 2024 – um ano a mais que o compromisso anterior – e passa a vestir a camisa 10 tricolor.

"É a contratação do ano para nós. Dessa maneira que se pensou e que se fez o trabalho. Esse é o 10 que nós queríamos. É o verdadeiro camisa 10”, disse o diretor de futebol Sérgio Vazques. Durante a negociação, Ferreira ganhou uma valorização salarial, e a multa rescisória do contrato foi elevada. “O Ferreira é um ativo do Grêmio que está mais protegido hoje”, garantiu o executivo Diego Cerri.

Ao comentar o momento, o avante confirmou que recebeu ofertas para sair. “Houve sim propostas. Durante as férias meu agente sempre me ligava e falava que tal equipe havia ligado, e eu sempre frisei que minha vontade era ficar. No final, ficou bom para as duas partes”, destacou o profissional, que ainda completou. “Me sinto em dívida de recolocar o Grêmio no lugar de onde nunca deveria ter saído. Eu sou muito feliz aqui, eu amo o Grêmio, e o esforço que eles fizeram para eu ficar foi um reconhecimento profissional.”

Para mais notícias do Grêmio, clique aqui.

facebooktwitterreddit