Brasileirao Série A

Falta futebol e sobra raiva! Gremistas não perdoam Paulo Victor após novo fracasso no Brasileirão

Fabio Utz
Substituto de Brenno tomou gol de falta na derrota por 1 a 0
Substituto de Brenno tomou gol de falta na derrota por 1 a 0 / Paulo Paiva/Agif/Gazeta Press
facebooktwitterreddit

De nada adianta pensar grande com jogadores "pequenos". E isso, mais uma vez, encheu de raiva a torcida do Grêmio na noite desta quinta-feira. A terceira derrota do time em três jogos no Campeonato Brasileiro, na opinião dos tricolores, tem a assinatura de vários nomes, sendo um em especial: Paulo Victor.

Mal a bola rolou e todos que acompanhavam e se manifestavam via redes sociais notaram que com atletas como Luiz Fernando, Jhonata Robert e Cortez a equipe pouco faria diante do Sport. E realmente não fez. Agora, o que eles apostavam que aconteceria, de fato, aconteceu. Falha em cima de falha do goleiro que, na visão do técnico Tiago Nunes e do departamento de futebol, pode tranquilamente substituir Brenno - sempre lembrando que o jovem está convocado para disputar os Jogos Olímpicos e, depois de se recuperar da Covid-19, pode ficar longe da Arena por mais de um mês enquanto as competições nacionais e internacionais seguem em andamento.

Aos 22 minutos, sem ninguém na marcação, Paulo Victor entregou a bola nos pés de Paulinho Moccelin, que chutou por cima. Era o prenúncio do que viria. É bem verdade que a cobrança de falta de Sander, aos 36, que resultou na abertura do placar, desviou em Diego Souza. No entanto, ela em nenhum momento saiu da direção do arqueiro, que, de forma espalhafatosa, a deixou passar.

Por óbvio, a ira cresceu, afinal, foi um primeiro tempo, literalmente, jogado fora por um time que queria ser protagonista do Brasileirão. Na etapa final, nem mesmo a esperança chamada Douglas Costa, que reestreou pelo Grêmio depois de onze anos, superou a angústia de quem via seu time fracassar novamente. Faltou futebol, faltou um olhar mais preciso de quem estava em campo e não soube ajeitar as peças e faltou, ainda antes de a partida começar, alguém que mudasse, em tempo, suas convicções sobre determinadas peças. Sem isso, aqueles que pouco produzem, mais uma vez, viraram "protagonistas" do revés por 1 a 0 - aliás, foi a primeira vitória do Sport na competição. O Tricolor é lanterna e único clube que ainda não pontuou no Brasileirão.

O que disse Douglas Costa

"É a realização de mais um sonho. No segundo tempo a gente se comportou melhor, mas é botar em prática tudo isso que é novo pra gente. Basicamente isso que precisamos melhorar."

Para mais notícias do Grêmio, clique aqui.

Para mais notícias do Sport, clique aqui.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.

facebooktwitterreddit