Futebol brasileiro

Falha e cartão! Em estreia com derrota, Felipe Melo 'apronta' e não escapa da ira do torcedor do Fluminense

Fabio Utz
Jogador, contratado para 2022, ficou apenas um tempo em campo
Jogador, contratado para 2022, ficou apenas um tempo em campo / Thiago Ribeiro/ Agif/Gazeta Press
facebooktwitterreddit

Tinha Willian, tinha Nathan, tinha Cano, tinha Pineida, tinha Abel Braga. Enfim, novidades não faltavam na estreia do time do Fluminense em 2022. Porém, ninguém chamava tanto a atenção como Felipe Melo. E o debut do jogador pelo Tricolor, que perdeu por 1 a 0 para o o Bangu pelo Campeonato Carioca, não poderia ter sido pior.

De cara, não se entendeu muito bem a forma como Abelão quis utilizar o atleta, como uma espécie de terceiro zagueiro. E, em apenas um tempo, já que deixou a partida no intervalo, ele aprontou das suas. Primeiro, logo aos 13 minutos, acabou sendo apontado como o vilão no lance do gol do adversário, que acabaria sendo o único do duelo. Em uma saída errada de bola pelo meio, Nino achou Felipe Melo de costas, e ele não viu a pressão do marcador. No erro de passe, o rival foi ao contra-ataque e, em bela trama, Baggio apareceu sozinho para estufar a rede.

Mas não parou por aí. Mais sete minutos se passaram, e Felipe Melo recebeu cartão amarelo por reclamação - queria que um lateral fosse cobrado rápido e protestou quando a arbitragem não permitiu. Para quem via o duelo, estava claro que, a qualquer momento, o volante poderia ser expulso - o que não seria novidade alguma, diga-se de passagem. Por isso, não voltou para a etapa final, dando lugar ao atacante Luiz Henrique. Mesmo na insistência, o Flu sequer chegou ao empate.

No domingo, o Fluminense volta a campo para enfrentar o Madureira pela segunda rodada do Estadual. A partida tem início marcado para 18h. Felipe Melo joga?

Para mais notícias do Fluminense, clique aqui.

facebooktwitterreddit