Brasileiro Série B

Fábio vê permanência de Luxemburgo como fundamental para conduzir o Cruzeiro à elite em 2022

Vitor Beloti
Fábio é goleiro da Raposa desde 2005
Fábio é goleiro da Raposa desde 2005 / Juliana Flister/GettyImages
facebooktwitterreddit

Após mais um ano conturbado dentro e fora das quatro linhas, a temporada do Cruzeiro está prestes a terminar e a missão do elenco nas duas últimas rodadas da Série B é lutar contra o rebaixamento. Uma questão a ser resolvida é a continuidade - ou não - do técnico Vanderlei Luxemburgo.

"A gente tem que dar essa resposta para o nosso torcedor e o Vanderlei está com esse pensamento de fazer uma equipe forte, com jogadores que sabem da dificuldade que vai ser a temporada de 2022, pela obrigação, pela força que temos de camisa e a responsabilidade de subir. A permanência dele é crucial", ressaltou o goleiro Fábio durante entrevista coletiva.

Vanderlei Luxemburgo
Vanderlei Luxemburgo foi o técnico do Cruzeiro na Tríplice Coroa de 2003, quando o clube conquistou Campeonato Mineiro, Copa do Brasil e Brasileirão / Miguel Schincariol/GettyImages

No final da coletiva, Fábio ressaltou sobre as más decisões que o clube tomou dentro e fora de campo e fala em dar a volta por cima. "Nós aprendemos da pior forma possível nesses dois últimos anos, tendo dificuldades de se manter na Série B e não chegando próximo (do G-4), porque tivemos vários problemas. Aprendemos da pior forma possível, e 2022 não pode ser dessa forma.", completou.

"O meu pensamento sempre foi fazer equipes fortes, porque eu sei como é vestir a camisa do Cruzeiro. Todo ano você tem uma responsabilidade gigantesca e a gente precisa de jogadores que entendam que a gente não tem mais onde errar", acrescentou o camisa 1.

O próximo jogo do Cruzeiro é nesta quinta-feira (18) diante do Sampaio Corrêa, fora de casa, pela trigésima sétima rodada da Série B.

facebooktwitterreddit