Santos FC

Fábio Carille fala sobre relação com o grupo e revela cobranças internas no Santos: 'Crescer e melhorar a cada dia'

Antonio Mota
Treinador está bastante pressionado no cargo
Treinador está bastante pressionado no cargo / Alexandre Schneider/GettyImages
facebooktwitterreddit

O Santos perdeu para o Mirassol por 3 a 2, no Estádio José Maria de Campos Maia, no interior de São Paulo, na noite da última quinta-feira, 17, pela sétima rodada do Campeonato Paulista. Após o apito final, o pressionado técnico Fábio Carille falou sobre o “apagão” do Peixe e exaltou o bom relacionamento com o elenco.

Longe da Vila Belmiro, o Alvinegro Praiano “desligou” na primeira etapa e acabou sofrendo três gols em cerca de 15 minutos. Na etapa complementar, o time reagiu e foi às redes em duas oportunidades, mas não conseguiu igualar o placar. O treinador comentou sobre a diferença de performance entre os tempos e revelou cobrança interna entre os próprios atletas:

Santos Campeonato Paulista Fabio Carille
Carille diz que jogadores do Santos estão com dificuldades para aplicar o que a comissão técnica pede. ‘Mas estão entendendo’. / Alexandre Schneider/GettyImages

“Com certeza os jogadores estão me entendendo, se não, não conseguiríamos fazer bons tempos, como foi o segundo contra o Corinthians e o primeiro do Guarani e São Bernardo”, iniciou o treinador, antes de ressaltar a necessidade de seguir evoluindo. “Eles mesmo estão se cobrando, porque o que a gente está passando, muitas vezes eles não estão conseguindo realizar dentro de campo. Somos muito claros e diretos no que queremos. Se eles não estivessem entendendo, estaríamos fazendo 90 minutos ruins. Temos que crescer e melhorar a cada dia e jogo”, completou.

Com a derrota diante do Mirassol, o Santos parou nos 9 pontos e na segunda colocação do Grupo D do Campeonato Paulista. O resultado deixou o clube a quatro pontos do líder Red Bull Bragantino (13) e ainda ameaçado na tabela, já que Ponte Preta e Santo André estão com sete pontos.

facebooktwitterreddit