Botafogo

Ex-Palmeiras, Patrick de Paula completa um mês sem atuar pelo Botafogo; volante está em baixa com Castro

Lucas Humberto
Patrick de Paula "desapareceu" na reserva de Luís Castro
Patrick de Paula "desapareceu" na reserva de Luís Castro / Ricardo Moreira/GettyImages
facebooktwitterreddit

Deu ruim? Contratado em março como reforço mais caro da história do Botafogo, Patrick de Paula completa nesta terça-feira, 30, um mês sem entrar em campo. A última partida do volante foi a derrota para o Corinthians, por 1 a 0, na Neo Química Arena, em 30 de julho. Desde então, o Glorioso disputou mais quatro partidas válidas pelo Campeonato Brasileiro.

Neste intervalo de quase cinco semanas, o camisa 8 sequer saiu do banco de reservas. Em paralelo, até reforços recém-contratados para o setor, casos de Danilo Barbosa e Gabriel Pires, ganharam minutos em campo. Patrick de Paula, vale ressaltar, ainda busca uma sequência de afirmação em terras cariocas. Até aqui, o volante participou de apenas 13 partidas da Série A.

Patrick de Paula, volante do Botafogo
Volante perdeu espaço até mesmo para recém-contratados / Ricardo Moreira/GettyImages

Em contraste ao desempenho esportivo aquém do esperado, o montante desembolsado para ter o atleta de 22 anos no elenco de Luís Castro foi o maior de John Textor, acionista majoritário da SAF. A operação concretizada em março deste ano moveu cerca de 6 milhões de euros (aproximadamente R$ 34 milhões na cotação da época) por 50% dos direitos econômicos do meia.

Em seu melhor momento, Patrick atuou ao lado de Kayque. A parceria foi crucial em duas importantes vitórias do Botafogo, contra São Paulo e Internacional, respectivamente. Para infelicidade do ex-Palmeiras, uma lesão tirou seu companheiro da temporada. Luís Castro e comandados voltam a campo neste domingo, 4 , para enfrentar o Fortaleza, pelo Brasileiro.

Leia também:

facebooktwitterreddit