Ex-Liverpool admite agressão a Sergio Ramos por "acerto de contas" após final da Champions de 2018

FBL-EUR-C1-LIVERPOOL-REAL MADRID
FRANCK FIFE/Getty Images

Em novembro de 2018, a Uefa puniu Dejan Lovren com um jogo de suspensão. Através de uma imagem de vídeo, ficou claro que o zagueiro atacou Sergio Ramos com o cotovelo, de forma deliberada, em amistoso no qual a Croácia venceu a Espanha por 3 a 2. Pois ele trouxe à tona explicações sobre a agressão, que teve relação direta com o fato de o rival do Real Madrid ter tirado o seu então companheiro de Liverpool, Mohamed Salah, da final da Champions League daquela temporada.

UEFA Champions League"Real Madrid v Liverpool FC"
VI-Images/Getty Images

"Se eu deliberadamente acertei Ramos depois que ele machucou Salah? Sim, possivelmente", disse Lovren, à TV egípcia Sada El Balad. Para o defensor, foi quase que um acerto de contas. "Acho que o Ramos agiu de forma intencional para machucar meu amigo Salah, então era hora de pagar pelo que fez". Ele deixou claro que aquela jogada foi fundamental na final em Kiev. "Jogamos muito melhor que o Real Madrid antes de Salah se lesionar. A sua saída foi um grande golpe para nós. Com Mo fora, o Real começou a dominar o jogo", explicou.

Dejan Lovren, Mohamed Salah
Laurence Griffiths/Getty Images

Segundo Lovren, até mesmo Modric tentou acalmar os ânimos entre as partes. No entanto, não se mostra arrependido. "Respeito o Ramos como jogador e o que ele faz pela sua equipe. Já conquistou muitos títulos, mas por outro lado tem comportamentos que não gosto e que prejudicam os jogadores", completou. O croata, atualmente, defende o Zenit, da Rússia.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique aqui.