Copa do Mundo 2022

Espanha e Portugal confirmam a Ucrânia em candidatura para sediar Copa do Mundo de 2030

Antonio Mota
Copa do Mundo de 2030 pode ser sediada por Portugal, Espanha e Ucrânia: “Mensagem de esperança à sociedade baseada no poder transformador do futebol”.
Copa do Mundo de 2030 pode ser sediada por Portugal, Espanha e Ucrânia: “Mensagem de esperança à sociedade baseada no poder transformador do futebol”. / GABRIEL MONNET/GettyImages
facebooktwitterreddit

Espanha e Portugal oficializaram nesta quarta-feira (5) que incluiu a Ucrânia na candidatura para sediar a Copa do Mundo de 2030. As Federações informaram que já comunicaram a intenção à UEFA e que a proposta “visa contribuir através do poder do futebol para a recuperação de um país em fase de reconstrução”, diz trecho da nota da FPF.  

A RFEF completou: “O projeto quer enviar uma mensagem de esperança à sociedade baseada no poder transformador do futebol”. As federações ainda destacaram que vão tratar dos termos da adesão da Ucrânia à candidatura ao longo dos trabalhos e que todos os prazos serão cumpridos junto à FIFA.

Ainda em seus documentos, a FPF e a RFEF – federações de Portugal e Espanha, respectivamente – ainda solicitaram o apoio da comunidade do futebol e disseram: “Bem-vinda, Ucrânia, à candidatura ao Mundial 2030!”.

A concorrência europeia também inclui uma aliança entre Argentina, Chile, Uruguai e Paraguai, que em agosto anunciaram a intenção de receber o torneio durante um evento em Montevidéu. Além disso, outros países manifestaram interesse, como o bloco formado por Grécia, Bulgária, Sérvia e Romênia. Para completar há um postulante africano com Marrocos, Argélia e Tunísia.

A próxima Copa do Mundo será disputada no Catar, no Oriente Médio, entre 20 de novembro e 18 de dezembro de 2022. A seguinte, em 2026, será realizada na América do Norte e será dividida entre Estados Unidos, Canadá e México.

facebooktwitterreddit