Em sua terceira final de Libertadores pelo Flamengo, Gabigol mira recorde histórico na competição

Matheus Nunes
O camisa 9 está a um gol de Luizão, brasileiro com mais bolas nas redes no torneio
O camisa 9 está a um gol de Luizão, brasileiro com mais bolas nas redes no torneio / Wagner Meier/GettyImages
facebooktwitterreddit

Gabigol segue fazendo história com a camisa do Flamengo, mesmo não estando na sua fase mais artilheira. Em sua quarta temporada pelo Rubro-Negro, o atacante vai disputar a sua terceira final de Conmebol Libertadores e ainda poderá quebrar um recorde que pertence ao antigo goleador Luizão.

Destaque na conquista de 2019, o camisa 9 celebra o bom momento do time. Na atual temporada do torneio, ele balançou as redes cinco vezes e se tornou o maior artilheiro do clube na competição, com 27 gols somados ao todo.

"Feliz por mais uma final de Libertadores. Era nosso objetivo voltar a disputar esse título e conseguimos. Vamos nos preparar ao máximo para tentar trazer esse título para a Nação"

Gabigol, atacante do Flamengo

Somando com o gol marcado quando defendia o Santos, Gabi totaliza 28 na Libertadores, um a menos que Luizão, brasileiro com mais gols no torneio. Diante do Athletico-PR na decisão, marcada para o final de outubro, o craque flamenguista vive a expectativa de alcançar o feito histórico.

O Flamengo está invicto na Libertadores, com 11 vitórias e um empate, e Gabigol ficou de fora de apenas uma dessas partidas: contra o Vélez Sarsfield, no Maracanã, na volta da semifinal. O goleador foi poupado por Dorival Júnior por estar pendurado.

facebooktwitterreddit