Fora do Campo

Em nota, Coritiba repudia atos de violência ocorridos durante jogo contra o Palmeiras

Lucas Humberto
Polícia utilizou gás de pimenta para conter a briga generalizada nas imediações do Couto Pereira
Polícia utilizou gás de pimenta para conter a briga generalizada nas imediações do Couto Pereira / Robson Mafra/Agif/Gazeta Press
facebooktwitterreddit

A vitória do Palmeiras sobre o Coritiba, por 2 a 0, válida pelo Campeonato Brasileiro, teve como pano de fundo mais um ato de violência. Nas imediações do Couto Pereira, torcedores de Coxa e Verdão entraram em confronto durante o jogo. Para dispensar a confusão, a polícia utilizou gás de pimenta, gerando paralisação da partida por seis minutos devido aos efeitos.

Um torcedor de 25 anos morreu neste segunda-feira, 13 de junho. Segundo a Delegacia Móvel de Atendimento a Futebol e Eventos (DAMFE), o homem estava na briga, mas não sofreu agressões. Ele apresentou problemas de saúde por ter diabetes, foi socorrido e levado ao Hospital Universitário do Cajuru, em Curitiba, porém não resistiu.

Em nota divulgada, o Coritiba repudiou o ato e lamentou "a crescente escalada da violência entre torcidas organizadas em várias cidades pelo país". Leia na íntegra:

"O Coritiba Foot Ball Club lamenta e repudia o ocorrido nas imediações do Estádio Couto Pereira, na noite deste domingo (12), durante a partida entre o Coritiba e Palmeiras, pela  11ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Conforme informações das autoridades policiais, os fatos aconteceram integralmente fora do estádio, quando torcedores de uma das torcidas organizadas do Palmeiras tentaram invadir as dependências do Couto Pereira, com o jogo já no segundo tempo. 

Para dispersar os torcedores, a polícia militar precisou se valer do uso de spray de pimenta que acabou, por consequência, sendo percebido dentro do estádio. 

O Clube manifesta sua total reprovação e lamenta profundamente os fatos ocorridos e a crescente escalada da violência entre torcidas organizadas em várias cidades pelo país.

Dentro do estádio o Coritiba garantiu a segurança de todos os torcedores de Coritiba e Palmeiras."

facebooktwitterreddit