Brasileirao Série A

Em noite de Fábio Santos, Corinthians bate Atlético-MG e assume vice-liderança da Série A

Nathália Almeida
Fábio Santos foi o herói da vitória corinthiana sobre o Galo
Fábio Santos foi o herói da vitória corinthiana sobre o Galo / Pedro Vilela/GettyImages
facebooktwitterreddit

Costumam dizer que, no futebol, não há lei mais implacável que a famosa "lei do ex". Pois bem. Na noite deste domingo (24), ela se fez mais uma vez presente nesta edição da Série A, através de um protagonista improvável, que não tem o "fazer gols" como principal ofício: Fábio Santos.

Jogador experiente e de vasto currículo, o lateral-esquerdo iniciou a partida entre os titulares do Corinthians e terminou a noite com status de herói em Belo Horizonte: enfrentando o Atlético-MG - equipe que defendeu entre os anos de 2016 e 2020, tendo somado mais de 200 partidas oficiais -, o defensor anotou não apenas um, mas sim os dois gols do triunfo corinthiano por 2 a 1.

A vitória do Timão na capital mineira teve contornos épicos, afinal de contas, o Galo vencia a partida até os 35' da etapa final, graças a um golaço de Keno ainda nos primeiros minutos de bola rolando. Mas Fábio Santos tinha outros planos para a noite, igualando o marcador com um gol de cabeça e virando a partida nos minutos derradeiros de confronto, através daquilo que é uma das suas especialidades: a cobrança de pênalti.

Com o crucial triunfo no Mineirão, o Corinthians foi aos 35 pontos conquistados, ultrapassando o Fluminense e reassumindo a vice-liderança do torneio. Agora, a equipe de Vítor Pereira volta suas atenções para a Copa do Brasil, onde encara o Atlético-GO na próxima quarta-feira (27), jogo de ida das quartas de final do mata-mata nacional.

facebooktwitterreddit