Em leitura labial, TV flagra Neymar proferindo insultos homofóbicos a González, que é acusado de racismo

Paris Saint-Germain v Olympique Marseille - Ligue 1
Em leitura labial, TV Gol, da Espanha, mostra possível xingamento homofóbico de Neymar para González. | Xavier Laine/Getty Images

A polêmica confusão envolvendo Neymar e Álvaro González ganhou mais um capítulo. Depois de acusar o paraguaio de racismo, o atacante brasileiro foi flagrado, em leitura labial feita pelo canal espanhol Gol, proferindo um insulto homofóbico, em espanhol, ao zagueiro: “Puta maricon (em português, “puto viado”) – veja o vídeo abaixo –, teria dito o camisa 10.

Por ora, não há maiores desdobramentos acerca desse novo elemento. Já em relação a acusação de racismo, a Télefoot, emissora responsável pela transmissão do jogo entre Paris Saint-Germain e Olympique de Marseille, informou ter encontrado insultos de Álvaro a Neymar, mas sem cunho racista. As imagens foram repassadas à organização da Ligue 1.

Manuel Soberon, tio de Álvaro González, na Espanha, assegurou que o zagueiro não fez nenhum comentário racista ao brasileiro. “Ele o insultou com bobo (imbecil, em espanhol) e não mono (macaco, em espanhol). Neymar o insultava constantemente durante a partida”, afirmou, em declarações publicadas pelo veículo francês.

Dos envolvidos: Neymar mantém a acusação e diz aceitar sua pena por ter ido contra o futebol, enquanto González diz não ter feito nenhum comentário racista. Eles aguardam a punição, que deve sair ainda nesta quarta-feira (16), com possibilidade de gancho para os dois, sendo de até 7 jogos para o brasileiro e até 10 para o paraguaio, segundo a Rádio RMC.  

As informações acima são do GloboEsporte.com.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.