Em entrevista ao 90min, Montillo relembra parceria com Neymar no Santos e fala sobre expectativa para a Champions

Alexander Rodrigues
Santos V Criciuma Brazilian Serie A 2013
Santos V Criciuma Brazilian Serie A 2013 / Daniel Vorley/Getty Images
facebooktwitterreddit



O meio-campista Walter Montillo concedeu uma entrevista ao jornalista Diego Yudcovsky, do 90min, e relembrou sua passagem no Santos, principalmente a parceria com o craque Neymar, que enfrenta hoje a Atalanta, pela Champions League.

Montillo jogou no Santos entre 2013 e 2014, após ser destaque no Cruzeiro por 3 anos. No período em que vestiu a camisa da Raposa, Montillo viu o craque do PSG acabar com o jogo no Brasileirão de 2012. A partida disputada no Independência ficou marcada pela torcida do Cruzeiro aplaudindo o craque santista após marcar três gols e dar uma assistência para Felipe Anderson, na goleada por 4x0 sobre o time mineiro.

Santos v Once Caldas - Libertadores Cup 2011
Santos v Once Caldas - Libertadores Cup 2011 / Eduardo Anizelli/Getty Images

No ano seguinte Montillo foi jogar no Santos e pôde ver de perto o talento de Neymar. Na entrevista o argentino relata como ele via a joia santista.

“Nós (jogadores) também idolatramos e sabemos apreciar a qualidade e o bom futebol de grandes jogadores. E neste caso era o Neymar! E o Neymar no Brasil já era “O Neymar”, antes de ir ao Barcelona. E o fato de ele ter me ligado é feito uma pequena gestão para que eu pudesse ir para lá (Santos), gerou uma responsabilidade enorme pra mim. Eu não podia falhar com ele”.

A passagem de Montillo pelo Santos não chegou perto do que o argentino fez no Cruzeiro, pelo time alvinegro foram 52 partidas e 8 gols marcados, já com o time celeste foram 122 jogos e 36 gols.

Questionado se a escolha do brasileiro em jogar no PSG, em busca de ser a grande estrela do time, e conquistar um título como a Champions para os franceses teria sido a melhor opção para o craque, Montillo disse que quando o Neymar quer alguma coisa ele vai atrás até conseguir.

“Eu não falei com ele sobre isso, mas supondo que, conhecendo ele, sei que quando ele coloca alguma coisa na cabeça ele é teimoso, cabeça dura. Ele vai até o final conseguir o que quer. Sua meta com o PSG é ganhar a Champions”.

FBL-EUR-C1-PSG-DORTMUND-HEALTH-VIRUS
FBL-EUR-C1-PSG-DORTMUND-HEALTH-VIRUS / ANNE-CHRISTINE POUJOULAT/Getty Images

A busca pela primeira Champions League do PSG continua hoje no duelo contra a Atalanta às 16h, no Estádio da Luz, em Lisboa, jogo único pelas quartas de final da competição.

facebooktwitterreddit