Ligue 1

Em coletiva pré-clássico, Jorge Sampaoli critica poderio e contratações do PSG: 'Só um país pode fazer isso'

Vitor Beloti
Sampaoli critica os investimentos da equipe do PSG.
Sampaoli critica os investimentos da equipe do PSG. / FILIPPO MONTEFORTE/GettyImages
facebooktwitterreddit

O PSG, após ser comprado por um fundo de investimentos do Catar, tem comprado muitos jogadores com alto nível técnico dentro de campo, mas nem sempre é visto com bons olhos pelas equipes rivais.

Por conta disso, Jorge Sampaoli, atual técnico do Olympique de Marseille, concedeu uma entrevista coletiva antes do clássico e criticou a forma que o clube da capital francesa lida com seus investimentos após ser comprado pelo fundo de investimentos do Catar: "O futebol é muito importante quando se fala da perspectiva financeira e inclusive política. Agora podemos ver um país que compra um clube e, portanto, tem os melhores jogadores", comentou Jorge Sampaoli.

Além disso, Sampaoli esclareceu que a situação no confronto diante de uma equipe como PSG fica ainda mais complicada, já que possuem jogadores com nível técnico acima da média: "Faz com que as coisas fiquem mais difíceis (dentro de campo). Tem Mbappé, Di María, Neymar e Messi na mesma equipe. Só um país pode fazer isso. Mbappé e os restantes dos jogadores mencionados podem mudar o rumo de um jogo com apenas uma ação", completou.

Lionel Messi, Jorge Sampaoli
Jorge Sampaoli irá reencontrar Lionel Messi no clássico. / Amilcar Orfali/GettyImages

O técnico argentino terá um grande reencontro na partida deste domingo: Lionel Messi. O craque dentro das quatro linhas atuou com o treinador durante a Seleção Argentina, na qual disputou a Copa do Mundo de 2018, na Rússia. No entanto, Sampaoli relatou que não se preocupa com as recordações, mas em preparar a equipe: "A minha principal preocupação é preparar a equipe. Não tenho tempo para recordações. Estou centrado no presente. Joguei contra Messi e já foi meu jogador. É o melhor do mundo, é muito difícil controlá-lo. O mais importante é tentar minimizar as individualidades do PSG através do controle do nosso jogo.", explicou o técnico argentino.

O próximo jogo do Olympique de Marseille, de Jorge Sampaoli, será neste domingo (24) diante do PSG, dentro de casa, pela décima primeira rodada da Ligue 1.

facebooktwitterreddit