Opinião

El Clásico deste sábado é um prato cheio para nos lembrar os prazeres do futebol descompromissado

Lucas Humberto
Real Madrid e Barcelona se enfrentam em Las Vegas neste sábado, 23
Real Madrid e Barcelona se enfrentam em Las Vegas neste sábado, 23 / Gonzalo Arroyo Moreno/GettyImages
facebooktwitterreddit

A pré-temporada por vezes não nos oferece muito além de amistosos desnivelados e a chance de ver novos rostos se destacando. Mas não é o caso desta. Na virada de sábado para domingo, 23 para 24, teremos uma edição bem diferente do El Clásico. A quilômetros de distância da Espanha, Real Madrid e Barcelona protagonizam um exímio duelo de popularidade.

A partida terá como palco o Allegiant Stadium, em Nevada. Quem acompanha NFL conhece bem a identidade do moderno estádio. Normalmente utilizado pelo Las Vegas Raiders, o ambiente conta com uma balada, portões de acesso que encolhem, telhado translúcido, sistema de refrigeração, múltiplas categorias de assento, um telão gigantesco e muito mais.

Allegiant Stadium, palco de Real Madrid x Barcelona
Vista exterior do moderno Allegiant Stadium / SOPA Images/GettyImages

A tradição de Camp Nou e Santiago Bernabéu será pontualmente substituída pela moderna tecnologia que é marca registrada dos esportes norte-americanos. A torcida deve estar inflamada, afinal, estamos tratando de dois dos mais reconhecidos clubes do mundo. Algo que, aliás, faz do amistoso um excelente teste de popularidade.

Haverão mais torcedores do atual campeão da Champions League? As contratações de Robert Lewandowski e Raphinha serão capazes de gerar algum impacto imediato? "Se viemos a Las Vegas para jogar, nós jogaremos. Somos o Barça. Mas fiquem tranquilos, merengues. O que acontece em Las Vegas, fica em Las Vegas", provocou Joan Laporta, presidente blaugrana.

Sejamos sinceros: em termos esportivos, o resultado valerá no máximo uma provocação entre rivais. Nada além. Mas em níveis de entretenimento, há um prato cheio. É a chance de consumir futebol pela diversão, sem a pressão dos placares, sem pensar na tabela, sem pensar. Até porque, numa madrugada de sábado, quem ousaria ter raciocínios elaborados, certo?

facebooktwitterreddit