Copa América

Eduardo Vargas no Chile: como foi o camisa 10 do Galo na 1ª rodada da Copa América?

Antonio Mota
Eduardo Vargas marcou o único gol do Chile contra a Argentina. Camisa 10 do Atlético-MG estreou bem na Copa América.
Eduardo Vargas marcou o único gol do Chile contra a Argentina. Camisa 10 do Atlético-MG estreou bem na Copa América. / Wagner Meier/Getty Images
facebooktwitterreddit

O Chile empatou em 1 a 1 com a Argentina no Estádio Nilton Santos, na última segunda-feira (14), pela 1ª rodada do Grupo A da Copa América. Em baixa no Atlético-MG, o atacante Eduardo Vargas mostrou mais uma vez que é indispensável para La Roja e marcou o tento que evitou o revés para a Albiceleste. Mas, além do gol, como foi o desempenho do camisa 10 do Galo na estreia chilena no torneio?

Além de ter ido às redes, Vargas deu duas finalizações no gol, perdeu uma grande chance, deu 22 toques na bola e 14 passes, sendo 12 certos (86% de precisão) e um decisivo. Além disso, o atacante também foi bem em duelos diretos: ganhou 4 dos 6 duelos no chão e um dos dois dos ‘choques’ aéreos. Ele ainda perdeu a posse da bola em três oportunidades, cometeu uma falta (sofreu 4) e ficou uma vez em posição de impedimento, segundo o SofaScore.

Eduardo Vargas Chile Copa AMérica Atlético-MG
Eduardo Vargas costuma ir bem na Seleção do Chile. / MAURO PIMENTEL/Getty Images

Eduardo Vargas também ligou o sinal de alerta no Atlético-MG e no Chile na estreia da Copa América. Isto porque, aos 77 minutos, o atacante reclamou de dores e precisou ser substituído.

O gol histórico de Vargas

Com o gol contra a Argentina, Vargas chegou ao seu 13º tento na Copa América e se isolou no ranking dos artilheiros “recentes” (2014/2021) do torneio. Mais: o gol também o deixou a apenas quatro da liderança dos maiores goleadores da história da competição (1914/2021).  

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.

facebooktwitterreddit