Futebol Internacional

É campeão! Athletico-PR conquista a Copa Sul-Americana e atinge marca inédita

Bia Palumbo
Nikão marcou o único gol do jogo no Uruguai
Nikão marcou o único gol do jogo no Uruguai / EITAN ABRAMOVICH/GettyImages
facebooktwitterreddit

Um gol de Nikão aos 29 minutos de jogo fez o Athletico-PR levantar o título da Copa Sul-Americana neste sábado (20) ao vencer o Red Bull Bragantino por 1 a 0, no Estádio Centenário, em Montevidéu, no Uruguai.

Além da taça e da premiação de 4 milhões de dólares (cerca de R$ 22 milhões), o clube do técnico Alberto Valentim se garantiu como um dos representantes do Brasil na Libertadores de 2022. Já o Massa Bruta terá que conquistar uma das vagas destinadas aos primeiros colocados do Campeonato Brasileiro.

Com este resultado, o Athletico-PR tornou-se o primeiro clube brasileiro a ganhar duas vezes a Copa Sul-Americana, porque também subiu ao lugar mais alto do pódio em 2018, quando era comandado por Tiago Nunes. Para completar, o clube ainda vai disputar a Recopa Sul-Americana e a J.League YBC Levain Cup/Conmebol Sudamericana (ex-Copa Suruga Bank).

Além do Furacão, Internacional (2008), São Paulo (2012) e Chapecoense (2016) também levantaram a taça da Copa Sul-Americana. Sendo assim, o Brasil chega a cinco conquistas ao longo da história. A Argentina tem nove (duas do Boca Juniors, duas do Independiente, além de Arsenal de Sarandí, Defensa Y Justicia, Lanús, River Plate e San Lorenzo). Chile (Universidad de Chile), Colômbia (Independiente Santa Fe), Equador (Independiente del Valle), México (Pachuca) e Peru (Cienciano) são os outros países com vencedores do torneio.

facebooktwitterreddit