Du Queiroz e mais três: Corinthians considera quatro jovens negociáveis para 2023

Lucas Humberto
Titular ao longo do ano, Du Queiroz recebeu sondagens do exterior
Titular ao longo do ano, Du Queiroz recebeu sondagens do exterior / Wagner Meier/GettyImages
facebooktwitterreddit

Para fechar o ano no azul, é preciso vender. Para 2023, o Corinthians conta com quatro jovens com alto potencial de negociação: Lucas Piton, Raul Gustavo, Du Queiroz e principalmente Robert Renan. Aos 19 anos, o zagueiro ganhou espaço com Vítor Pereira e deve se manter na equipe titular sob comando de Fernando Lázaro.

Do quarteto, apenas o volante conseguiu se manter entre os absolutos do Timão ao longo do ano. Como Du está vinculado ao Alvinegro até 2025, o clube adota cautela para analisar as sondagens. Por outro lado, Piton, Robert e Raul Gustavo, que têm contratos válidos até dezembro de 2024, devem ter seus futuros definidos com mais "pressa".

Aos 22 anos, o lateral-esquerdo é um "velho conhecido" no elenco principal. No caso de Piton, o passaporte europeu pode facilitar uma eventual ida ao Velho Continente. Raul Gustavo, por sua vez, é a peça de menor projeção. Embora tenha sido titular em alguns momentos, o defensor está no fim da fila das alternativas no setor.

A situação dos jovens evidencia que Robert de fato é o principal ativo do Corinthians. Além da qualidade técnica, o zagueiro mostrou características que agradam clubes estrangeiros. Em 2022, o Timão conseguiu superar a meta de vendas estabelecida em R$ 91,5 milhões. A equipe negociou João Victor, Éderson e Gabriel Pereira, alcançando o montante de R$ 110,6 milhões.

Lucas Piton, lateral do Corinthians
Piton também está na mira do Vasco / Eurasia Sport Images/GettyImages
facebooktwitterreddit