Discurso de Romildo é louvável, mas escancara erros de diagnóstico do Grêmio ao longo da temporada

Fabio Utz
Feb 20, 2021, 12:58 PM GMT-3
Silvio Avila/Getty Images
facebooktwitterreddit

Tem gente que diz que falar depois do fato acontecido é barbada. Não concordo. Mas sinceramente, ao escutar a entrevista do presidente do Grêmio, Romildo Bolzan Júnior (que vem é boa hora, é verdade), fazendo o chamado "mea-culpa" pelo Campeonato Brasileiro bem abaixo do esperado por parte do clube, fico com a sensação de que, até agora, os dirigentes que comandam o Tricolor não entenderam o que aconteceu ao longo do ano de 2020.

"O que peço ao torcedor é uma situação de “vamos nos unir”. E tenho certeza absoluta que vamos ganhar a Copa do Brasil, alimento essa certeza. Vejo o ambiente do futebol, dos jogadores, comissão. Quem pensa que os jogos que jogamos no Brasileiro serão iguais na Copa do Brasil, será diferente."

Romildo Bolzan, presidente do Grêmio

Muitas vezes escutei do próprio mandatário azul a afirmação de que, na sua opinião, tinha montado o elenco mais equilibrado de todos os anos de sua gestão. Pois agora ele diz que há uma "questão técnica" por trás do desempenho gremista. Também lembro quando Romildo foi aos microfones, antes de uma partida contra o Bahia, pelo Brasileirão, destacar que era questão de o time voltar a vencer para retomar a confiança. O discurso de agora, que me desculpem aqueles que pensam o contrário, muda tudo o que ele falou atrás e deixa claro os erros de diagnóstico.

Silvio Avila/Getty Images

O Grêmio, sim, tem problemas técnicos. Quanto a isso, indiscutível. Mas também tem problemas físicos, problemas de comando, problemas de mentalidade, problemas de foco, problemas de planejamento. Custa admitir que se pensou mal a temporada desde lá atrás, quando se tirou profissionais em meio à preparação dos atletas, e que se fez muito pouca coisa para corrigir a rota quando ainda era possível?

"Não é questão de preço, nem de cultura, é questão às vezes técnica. Lamentavelmente o Grêmio não teve uma resposta técnica adequada no Brasileiro."

Romildo Bolzan, presidente do Grêmio

O torcedor gosta de sinceridade, e o pretenso constrangimento de agora poderia ser evitado caso se olhasse com mais profundidade aos erros que estavam sendo cometidos. Ah, e antes de finalizar quero deixar aqui a minha convicção de que um eventual título da Copa do Brasil não pode mascarar esses problemas, embora saiba que o hexa tende a levá-los, erroneamente, para baixo das cobertas, como se diz na gíria.

Para mais notícias do Grêmio, clique aqui.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique aqui.

facebooktwitterreddit