Santos FC

Fernando Diniz não resiste às cobranças e deixa o Santos após derrota para o Cuiabá

Lucas Humberto
Treinador vem de seis jogos sem vencer e se aproxima da corda bamba
Treinador vem de seis jogos sem vencer e se aproxima da corda bamba / Pool/Getty Images
facebooktwitterreddit

Após ver Ariel Holan pedir demissão, o Santos buscou Fernando Diniz para a sequência da temporada em meados de maio deste ano. No entanto, depois de seis jogos sem vencer, o treinador não resistiu e caiu. Na noite deste sábado (04), o Alvinegro Praiano acrescentou outro insucesso na longa lista: derrota ante o Cuiabá, por 2 a 1, gols de Jonathan Cafú e Elton favorável ao Dourado; com Gabriel Pirani descontando para os paulistas. Suficiente para que Diniz fosse demitido.

A última vitória de Carlos Sánchez e seus companheiros aconteceu no dia 12 de agosto, contra o Libertad, por 2 a 1, em partida válida pela Copa Sul-Americana. Desde então, o Peixe não só foi eliminado do torneio sul-americano como viu seu desempenho no Brasileirão cair vertiginosamente. Atualmente no 13º lugar, o time da Vila Belmiro soma 22 pontos e vem de quatro derrotas e dois embates.

Questionado pelas decisões táticas e comportamento "esquentado" com os jogadores, o nome do treinador foi parar entre os assuntos mais comentados do Twitter no último sábado. Foram 27 jogos pelo Santos, com 10 vitórias, sete empates e 10 derrotas.

Na próxima rodada do torneio nacional, o Santos recebe o Bahia, em duelo marcado para acontecer no sábado (11), às 21h de Brasília. Quem será o treinador do Peixe até lá?

facebooktwitterreddit