Corinthians

Diego Costa elege culpado pelo fracasso nas negociações com o Corinthians: 'Se não, eu estava lá'

Lucas Humberto
Atacante citou "calote" para explicar o porquê da transferência para o Timão não ter acontecido
Atacante citou "calote" para explicar o porquê da transferência para o Timão não ter acontecido / DOUGLAS MAGNO/GettyImages
facebooktwitterreddit

Meses depois do fim da novela, surge um novo capítulo. Livre no mercado, Diego Costa expôs os bastidores da frustrada negociação com o Corinthians. Em entrevista ao jornalista Thiago Asmar, do canal Pilhado, no YouTube, o centroavante culpou a Taunsa, parceira do Timão, pelo fracasso na transferência.

"O Corinthians tomou calote do cara (CEO da Taunsa) e me deu calote. Eu conversei com o pessoal, com o presidente (Duilio Monteiro Alves) e tinha uma proposta na mesa. Eu falei: 'deixa eu pensar'. Dois ou três dias depois já não tinha mais a proposta. Eles tomaram calote da empresa, vieram com uma desculpa de um negócio assim"

Diego Costa sobre quase ida ao Timão
Diego Costa Atlético-MG Corinthians Mercado
Diego Costa teve rápida, mas vitoriosa passagem pelo Galo / Pedro Vilela/GettyImages

"Agradeço ao pessoal do Corinthians. Eles não podem fazer as coisas sem planejamento. Não poderiam chegar com a proposta se a outra pessoa não honrou. Eles iam ter que assumir, poderia ficar sem receber lá e ia gerar um clima ruim. Comigo eles foram surreais. Se não tivessem tomado calote dos caras, eu estava lá", completou.

A parceria entre Corinthians e Taunsa entrou em declínio ainda no mês de março. À época, as partes confirmaram um atraso no pagamento de patrocínio em razão de um problema no fluxo de caixa. Foi revelado posteriormente que a empresa seguiu sem cumprir com suas obrigações financeiras. Desde então, o caso está sob cuidado do departamento jurídico do clube.

Paulinho Corinthians Diego Costa Mercado Atlético-MG
Taunsa é responsável pelos pagamentos dos salários de Paulinho / Wagner Meier/GettyImages
facebooktwitterreddit