Deu ruim? Santos é notificado e pode sofrer sanção da Conmebol na Libertadores

Nathália Almeida
Santos v LDU - Copa CONMEBOL Libertadores 2020
Santos v LDU - Copa CONMEBOL Libertadores 2020 / Pool/Getty Images
facebooktwitterreddit

A Comissão Disciplinar de Futebol da Conmebol enviou uma notificação ao Santos nesta semana, em virtude das manifestações pirotécnicas e foguetório realizados por torcedores alvinegros antes da partida decisiva contra a Liga de Quito (EQU) - válida pelas oitavas da Copa Libertadores -, disputada na Vila Belmiro no dia 1º de dezembro.

De acordo com a apuração do UOL Esportes, as sanções aplicadas pela entidade sul-americana para este tipo de episódio variam entre multa financeira e perda de mando de campo na Copa Libertadores, cenário que, se confirmado, pode machucar e muito o Alvinegro na competição. Em comunicado oficial, o Santos reforça que não teve responsabilidade pelo ocorrido fora da Vila Belmiro, e que já está em contato com a Conmebol para provar sua 'inocência' no caso.

Santos v LDU - Copa CONMEBOL Libertadores 2020
Santos v LDU - Copa CONMEBOL Libertadores 2020 / Pool/Getty Images

Veja a nota oficial do Santos FC:

"O Santos FC esclarece que foi comunicado pela Comissão Disciplinar da CONMEBOL a respeito de foguetórios e sinalizadores que caíram no campo durante o jogo contra a LDU, em partida válida pela Copa Libertadores da América, no dia 1 de dezembro de 2020, que garantiu a classificação para as quartas de final da competição. O Santos FC não teve nenhuma responsabilidade sobre o ocorrido. Uma vasta documentação enviada à CONMEBOL evidencia que esses episódios ocorreram fora do Estádio Urbano Caldeira e em local já identificado pelo Clube"

facebooktwitterreddit