Copa América Feminina

Destaque do Brasil na Copa América, Angelina sofre grave lesão no joelho; prazo para retorno é incerto

Nathália Almeida
Angelina foi um dos destaques do Brasil na Copa América
Angelina foi um dos destaques do Brasil na Copa América / JUAN BARRETO/GettyImages
facebooktwitterreddit

A notícia que o torcedor brasileiro não queria receber foi, infelizmente, confirmada na tarde deste domingo (31). Através de suas plataformas oficiais, a Seleção Brasileira Feminina confirmou a extensão e a gravidade da lesão de Angelina, que precisou ser substituída ainda no primeiro tempo da final da Copa América contra a Colômbia, vencida pela Canarinho por 1 a 0.

Após realização de exames médicos detalhados, ficou constatada a ruptura total do ligamento cruzado anterior (LCA) do joelho direito, com agravo de lesão meniscal na mesma região. Por se tratar de uma lesão de alta complexidade, não houve nenhum tipo de projeção acerca do tempo de recuperação necessário para a camisa 8 retornar aos gramados.

Dulce Giménez, Angelina
Angelina fez grande Copa América, mas sofreu grave lesão na grande final / Gabriel Aponte/GettyImages

Confira, na íntegra, o comunicado oficial da Seleção Feminina:

"Durante a partida deste sábado, na final da Copa América Feminina diante da Colômbia, a meia Angelina sofreu um choque da jogadora adversário acompanhado de um forte dor no joelho direito. A jogadora precisou ser substituída imediatamente ainda no início do primeiro tempo.

Após ser examinada, a atleta deixou o estádio e foi encaminhada ao hospital para realizar um exame de imagem (ressonância nuclear magnética). Com o resultado, a hipótese médica foi confirmada com a ruptura total do ligamento cruzado anterior e menisco lateral do joelho direito.

O Departamento Médico da Seleção Feminina encaminhou o relatório ao OL Reign (EUA) para início do tratamento. Desejamos uma boa recuperação, Angelina! Estamos com você!"

facebooktwitterreddit