De volta ao Corinthians, Ángel Romero diz como vai atuar, elogia Fernando Lázaro e avisa: "Quero ser campeão"

Matheus Nunes
Paraguaio de 30 anos foi bicampeão brasileiro pelo Corinthians
Paraguaio de 30 anos foi bicampeão brasileiro pelo Corinthians / Miguel Schincariol/GettyImages
facebooktwitterreddit

Com direito a selfie com os jornalistas, Ángel Romero foi apresentado nesta segunda-feira (19) como novo reforço do Corinthians. O atacante estava no Cruz Azul (México) e assinou com o Alvinegro do Parque São Jorge até o final de 2024. Ele já vem realizando treinamentos com a equipe.

"A negociação para voltar foi muito rápida porque as duas partes queriam as mesmas coisas. A diretoria queria contar comigo. Eu segui falando com a diretoria, Duilio, Alessandro... Quero voltar a ser campeão com o Corinthians. Depois vem as vitórias individuais. A ideia que o grupo tem, o Fernando tem, é voltar a ganhar um título."

Ángel Romero, atacante do Corinthians

Em suas primeiras palavras após o retorno ao Corinthians, Romero revelou que nunca deixou de acompanhar o clube, relembrou momentos marcantes em sua última passagem e falou sobre suas expectativas para a próxima temporada. Confira a seguir.

"Como sempre falo, nunca saí do Corinthians. Sempre acompanhava o clube mesmo estando fora, era uma coisa pendente que eu tinha de voltar pra casa, é sempre bom. Por isso minha decisão e a da minha família. É sempre bom voltar para onde fomos felizes."

Ángel Romero, atacante do Corinthians

"Conheço o Fernando Lázaro há bastante tempo, trabalhamos juntos com Tite e Carille. Gostei muito da diretoria dar oportunidade a ele. Tive experiência parecida com Carille, diretoria deu oportunidade como treinador… Todos os jogadores vão ajudar ele. A responsabilidade de dirigir o Corinthians é grande."

Ángel Romero, atacante do Corinthians

"Foram poucos treinos até agora. No México atuei em muitos jogos como meia, no Brasil acostumei a jogar como ponta. A gente tinha combinado que vou flutuar no ataque, ainda não sei se na beirada, na direita ou esquerda, mas a minha posição que eu jogava aqui era na ponta direita, mas depende dele, o que ele falar, não tenho problema de atuar. O mais importante é ajudar o time."

Ángel Romero, atacante do Corinthians
facebooktwitterreddit