Opinião

De Rodriguinho a Everton: o que esperar do agitado mercado do Cuiabá?

Fabio Utz
Atacante Everton Cardoso acertou com o Dourado por empréstimo
Atacante Everton Cardoso acertou com o Dourado por empréstimo / Silvio Avila/GettyImages
facebooktwitterreddit

Uma coisa é impossível negar: o Cuiabá mudou a cara do seu elenco para 2022. Em sua segunda temporada seguida na elite do futebol brasileiro, o Dourado foi às compras para tentar um 'algo mais'. Se vai dar certo ninguém sabe, mas é fato que a aposta em jogadores experientes e até gringos tem alguma coerência.

Até o momento, o clube do Centro-Oeste anunciou 11 caras novas, sendo a últimas delas Everton Cardoso, cujo empréstimo junto ao Grêmio foi acertado ao longo do final de semana. Obviamente, é um jogador em baixa, já com seus 33 anos. No entanto, não se pode esquecer que ele entrega ao plantel um status de quem já passou por grandes equipes do futebol brasileiro.

Rodriguinho Bahia Meia Mercado Cuiabá
Rodriguinho chega para ser o 10 do time / ARISSON MARINHO/GettyImages

O mesmo vale, por exemplo, para o meia Rodriguinho, ex-Bahia e novo '10' do time amarelo, e o meia-atacante Valdívia, que iniciou a carreira de forma promissora e, depois, caiu na mesmice - estava no Avaí. Do mercado de fora do país chegam nomes como o meia colombiano Kelvin Osório, o zagueiro paraguaio Juan Ojeda e o volante venezuelano Cristhian Rivas.

O Cuiabá foi uma grata surpresa em 2021. E pode, sim, fazer bonito novamente. Se o número de contratações é alto, a estrutura altamente profissional dificilmente vai permitir que nomes fiquem apenas no 'chinelinho'.

TODAS AS CONTRATAÇÕES DO CUIABÁ ATÉ O MOMENTO

Juan Ojeda - zagueiro de 23 anos

Igor Cariús - lateral-esquerdo de 28 anos

Marcão - volante de 30 anos

Cristhian Rivas - volante de 24 anos

Rodriguinho - meia de 33 anos

Alesson - atacante de 22 anos

André Luis - atacante 24 anos

Marquinhos - atacante de 24 anos

Valdívia – meia-atacante de 27 anos

Kelvin Osório – meia de 28 anos

Everton Cardoso – atacante 33 anos (carece de anúncio oficial)

Para mais notícias do Cuiabá, clique aqui.

facebooktwitterreddit