Seleção Brasileira

De Cabo Verde? Resultado da Seleção olímpica mostra que só talento não basta

Rodrigo Salomao
Brasil sofreu vexame ao perder de Cabo Verde
Brasil sofreu vexame ao perder de Cabo Verde / Eurasia Sport Images/Getty Images
facebooktwitterreddit

Parece um tanto quanto inacreditável, mas o futebol vez ou outra prega suas peças por aí. Sobrou para a Seleção brasileira sub-23 desta vez. Em amistoso realizado neste sábado visando a preparação para as Olimpíadas, o time comandado por André Jardine foi derrotado por Cabo Verde. Isso mesmo, vamos repetir: Cabo Verde! O país que atualmente ocupa a 73ª posição no ranking da FIFA surpreendeu a atual detentora da medalha de ouro e, de virada, venceu por 2 a 1 a partida realizada na Sérvia.

O inesperado resultado trouxe à tona a discussão sobre a distância entre o time brasileiro no papel e o da realidade posta em prática. Analisando os convocados, o talento exala: Claudinho, Pedro, Antony, Reinier, Rodrygo, Gerson, Bruno Guimarães e por aí vai. Mas com a bola rolando, foi possível notar uma equipe sem inspiração e sem entrosamento. Difícil agrupar talento desorganizadamente e isso ficou provado mais uma vez. O gol brasileiro, aliás, foi de Pedro, de pênalti. Pouco, muito pouco.

Além disso, vale destacar também os vacilos individuais. O goleiro Cleiton deixou passar uma bola defensável (até demais) no primeiro gol africano - anotado por Lisandro Semedo - enquanto o sistema defensivo brasileiro perdeu a bola na própria área, ocasionando no gol de Willy Semedo. Cômico, se não fosse trágica, a Seleção Brasileira olímpica precisa descer do salto em que a colocaram (melhor que a principal? Ainda falta!) se quiser realmente conquistar o bicampeonato em Tóquio. Enquanto isso, que melhore seu futebol ao menos para que conquiste brasileiros a fim de acordar às 5 da manhã para torcer quando a tocha for acesa no Japão.

facebooktwitterreddit