Futebol Internacional

Dani Alves declara seu amor ao Barcelona e deixa portas abertas: 'Basta me ligar'

Lucas Humberto
Lateral ressaltou que desejar jogar o Mundial do Catar
Lateral ressaltou que desejar jogar o Mundial do Catar / Manuel Queimadelos Alonso/GettyImages
facebooktwitterreddit

Sem clube desde que deixou o São Paulo, Daniel Alves deixou em aberto a possibilidade de retornar ao clube onde teve mais sucesso no exterior: Barcelona. Em entrevista ao jornal espanhol Sport, o lateral avaliou a atual situação da equipe culé e se mostrou disponível: "Se o Barça achar que precisa de mim, basta me ligar".

"Pareceria querer tirar vantagem da situação dizer que agora que o Barça precisa de mim. Sempre disse que saí porque vi que as coisas não estavam como pensei que deveriam. Quando alguém faz uma história tão bonita, respeita muito essa casa e dá a vida por ela, não quer ver que as pessoas que estão assumindo não querem ser cúmplices disso."

Dani Alves, ao jornal Sport
Dani Alves Nations League São Paulo Barcelona Copa do Mundo
Lateral viu de perto o duelo entre Espanha e França, pela final da Nations League / Pool/GettyImages

"Eu saí e avisei. E saí dizendo que quando o Barça precisasse de mim e me quisesse, eu estaria à sua disposição, independentemente de onde estivesse. O carinho, amor e respeito que tenho por esta casa é demais", completou.

Ele ainda revelou que mantém aceso o sonho de participar da próxima Copa do Mundo: "Isso é o que me move. É preciso ter objetivos e sonhos, porque sem sonhos não há vida. Na construção da minha carreira, sempre estabeleço metas de curto e médio prazo. A vida está me oferecendo oportunidades melhores do que você imagina, como ir às Olimpíadas e ganhar o ouro. Eu estava me preparando para o que estava por vir".

Dani Alves Copa do Mundo São Paulo Barcelona
Dani Alves quer jogar o Mundial do Catar / Pedro Vilela/GettyImages

"No meu subconsciente, fica a questão de não ter ido à Copa do Mundo de 2018 e saber que se você se cuidar, pode competir. Muitas vezes você para de jogar não por causa da parte física, mas porque foi destruído mentalmente. E esta é uma das coisas que tenho mais forte: decido quando começo e quando termino. E ao longo do caminho você tem que vivê-lo intensamente, que é o que eu faço. Sei que se vou jogar em uma equipe, é isso que me levará ao Mundial."

Dani Alves, ao jornal Sport

Por fim, o lateral classifica seu tempo no São Paulo como 'missão cumprida': "Voltei ao Brasil por um sonho, mas também pela chance de trazer um time que há tantos anos não conquistava um título. E a missão está cumprida. Agora estou livre no mercado".

facebooktwitterreddit