Copa Libertadores

Custo do Mané Garrincha pesa, e Landim ‘vaza’ onde o Fla pode jogar pela Libertadores

Fabio Utz
Clube enfrenta o Olimpia nas quartas de final
Clube enfrenta o Olimpia nas quartas de final / ADRIANO MACHADO/Getty Images
facebooktwitterreddit

O Flamengo pode mandar o jogo de volta das quartas de final da Libertadores, contra o Olimpia-PAR, em João Pessoa-PB. A confirmação foi feita pelo presidente Rodolfo Landim em contato com o blog do Maurílio Júnior.

O estádio, claro, seria o Almeidão. Uma equipe do clube, inclusive, irá vistoriar o local. "Teremos que enviar as pessoas para avaliarem as condições (gramado, iluminação, número de assentos) que serão disponibilizadas, área dedicada para a imprensa, segurança, seletividade do público”, disse.

Na semana passada, Landim esteve reunido com o prefeito Cícero Lucena negociando a possibilidade de realizar uma partida com público na capital paraibana. Para isso acontecer, além da autorização do poder municipal, o governo do Estado, administrador do estádio, também precisa liberar. O Fla conta com o apoio da presidente da Federação Paraibana de Futebol, Michelle Ramalho. Nas oitavas de final, o duelo frente ao Defensa y Justicia-ARG ocorreu no Mané Garrincha, em Brasília, mas os custos para utilização do palco são bastante elevados.

Para mais notícias do Flamengo, clique aqui.

facebooktwitterreddit